17 junho 2013

5

E-Ventre 2013: um novo formato de eventos em São Paulo?

Olá meninas!!

Dia agitadíssimo de protestos em São Paulo e nas grandes capitais do Brasil. Que orgulho ver o brasileiro trocar o status de "deitado eternamente em berço esplêndido" para "verás que um filho teu não foge à luta". Um dia para nos lembrarmos eternamente.


Vamos falar de E-Ventre 2013?

Pois é, o E-Ventre 2013, realizado em 09/06 em São Paulo vestiu a camisa do inovador, e trouxe algumas mudanças na programação que, uma vez implementadas em outros eventos, prometem agitar a cena de eventos para Dança do Ventre em São Paulo

O evento, organizado por Deborah Macedo, vêm crescendo absurdamente nos últimos anos, atraindo grupos de São Paulo, Grande São Paulo, Interior e, inclusive, outros estados. É um evento leve, de ambiente amigável, e, embora suas competições venham se tornando acirradas nos últimos anos, a animosidade competitiva ainda não chega a incomodar nos corredores do evento. Na minha opinião, é o evento perfeito para encontrar as amigas, assistir boas apresentações, rir à beça, renovar os votos com a dança. 

Deborah Macedo - Organizadora do E-Ventre

Carol Koga e Nanda Salíma - "a mafiosa"

Joelma Brasil e Nanda Salíma

Cristina Antoniadis - Sou fã!

Acompanhem os melhores momentos do evento no vídeo abaixo:


Mostras não competitivas:

Infelizmente não consegui assistir nada das mostras não competitivas, uma vez que tive que acompanhar o processo de votação e apuração dos votos, como o intervalo entre as competições era de meia hora, e o evento estava sem atrasos, ficarei devendo. Porém, pela quantidade de aplausos, tenho certeza de que o nível estava bom. 

Competições:

O objeto do desejo das competidoras, confeccionado por Luanda Bianco


Antes de falar das inovações - que foram decisivas no processo avaliativo do E-Ventre, falaremos um pouquinho da qualidade das apresentações. 

Eu gosto muito da preparação das escolas para o E-Ventre, acredito que, pelo porte que o evento está adquirindo no cenário de dança do ventre em São Paulo, as professoras estão caprichando no quesito criatividade. A coreografia vencedora da categoria dupla teve como tema "Amizade". Sinceramente falando, havia outras duplas com mais qualidade técnica. Porém as meninas desempenharam super bem o tema da coreografia, a apresentação foi empolgante, emocionante. Eu simplesmente amei! Uma pena que o vídeo não faz justiça ao "clima" que se instaurou no evento!

Karine Nawaar e Lilith - Professora: Ledah Bernardi




A coreografia vencedora da categoria "Grupo Moderno / Fusão" levantou a galera DE VERDADE no E-Ventre: "Brincadeira de Criança" do Studio K. Foi a única coreografia de todo o evento que motivou muitas pessoas aleatórias no evento a levantarem de seus lugares e votarem para que a coreografia fosse a vencedora. Também pudera: é uma teatralização da dança para uma brincadeira de criança, porém com qualidade, sem ser caricata, e sem perder em nível técnico. Karina Galasso simplesmente ARREBENTOU. Merecidíssimo título. 

Atenção escolas: quem quiser levar o caneco do Festival Shimmie, terá que suar muito a camisa para bater essas meninas!




Fiquei bastante impressionada com as meninas do Núcleo Belly de Patrícia Saldanha, muita qualidade no Grupo Clássico, achei muito inteligente o "ton sur ton" no tecido das saias, gostei das trocas, dos desenhos, e da qualidade individual das bailarinas. Merecido título. Só um adendo: essa coreografia participou também do Mercado Persa, com 14 integrantes no palco, e, mesmo com toda essa qualidade, não levou pódio. Moral da história: às vezes é motivar seu grupo para participar de um evento menor, que não leva em conta o "peso da faixa", com reais chances de ganhar o primeiro lugar, do que participar de um mega evento, onde o nome da escola e da professora vem antes da qualidade da coreografia. 




Finalmente, quero falar do Concurso Solo Profissional. Nesta categoria, o E-Ventre é meu concurso preferido por conta do sistema de avaliação, que divulga com antecedência uma lista de músicas, e a organização faz o sorteio no momento da apresentação. É certo que a quantidade de vagas no E-Ventre não é "elástica" como em outros eventos, e quem deixa para a última hora fica de fora MESMO: a Deborah não flexibiliza. Mas fiquei triste de ver que várias "figuronas" do concurso Star do MP não se animaram a participar do E-Ventre: eu queria ver o bicho pegando no profissional. 

Por outro lado, é muito bacana ver a premiação de muito estudo: é certo que as vencedoras se MATARAM de estudar todas as músicas do CD - as apresentações pareciam coreografadas de tão perfeitas, e não discordo uma vírgula do pódio. Lili Hannah el Havanery foi absolutamente PERFEITA no palco, segura, fluida, leitura musical rica e irrepreensível, e levantou o público. Pesquisando vídeos no youtube, vi que ela já participou do concurso em 2010 e ficou em terceiro lugar. Muito bacana esse "repeteco com título", porque me parece que ela levou a ficha pra casa, corrigiu os apontamentos, e voltou 3 anos depois com a lição de casa feitinha para ABALAR tudo. Merecido título.




Inovações:

Até que enfim!!! Século 21 e somente em 2013 temos um evento que baniu as fichinhas de papel nas avaliações!!!



Cada categoria era julgada por 3 juradas, que tinham à sua disposição notebooks onde, através de um programa especialmente desenvolvido pela organização do evento, era possível atribuir notas a cada competidor e fazer comentários sobre a apresentação (alô Deborah, demorô de você patentear e vender para outros eventos hein???). A cada categoria, o programa disponibilizava uma lista com os nomes dos competidores, e ao clicar no nome do competidor uma planilha de avaliação se abria. A organização, por sua vez, anunciava claramente o nome do competidor para que não houvesse erros na seleção por parte das juradas. Eu achei fantástico, inclusive, alguns jurados conferiam as notas avaliadas em seu iPad, um show de tecnologia. 

Por outro lado, achei que algumas juradas ficaram um pouco mais concentradas em digitar os comentários do que em assistir às apresentações. A foto acima, por exemplo, foi tirada durante uma apresentação, e TODAS as juradas estão olhando para o computador. Isso eu, pessoalmente, achei ruim. Mas acredito que faz parte da inovação, é preciso adaptação, e as competidoras que são leitoras do blog podem colocar na caixa de comentários se a avaliação foi pertinente. 

Votação:

Eis aqui o assunto mais polêmico do E-Ventre 2013: a votação popular.

Como funcionou: do lado de fora do salão havia um computador que funcionava como urna eletrônica, operado por mim (exceto na categoria profissional, que acompanhei do começo ao final, e não dava tempo de operar a urna), e qualquer pessoa presente no evento - participantes e convidados - desde que devidamente identificados, poderiam votar.




Essa foi uma inovação muito interessante, em primeiro lugar, pela tentativa de dar voz ao público presente no evento (e essa era uma preocupação genuína da Deborah, que a todo momento vinha tomar o feedback da votação, tanto meu quanto do público presente no evento). Em segundo lugar, porque trouxe uma dinâmica nova ao evento: o público levanta, sai pra votar, se movimenta, conversa, enfim. Não fica aquela coisa massante e agoniante para o convidado, que tem que ficar horas e horas sentado, aguardando o final das apresentações ou a divulgação das premiações. Acreditem: muda, completamente, o humor do evento. Eu fiz a última apresentação do evento, e a galera ainda estava animada, feliz! É realmente um fato inédito, e quem se apresenta ao final dos eventos sabe do que estou falando. 

Uma coisa que é importante de todas saberem, é que a votação popular alterou o resultado apenas da categoria dupla. Nas demais categorias, a opinião do público bateu certinho com a opinião dos jurados. O que derruba a máxima de que "quem leva mais convidados tem mais chances de ganhar". É, apenas, um quesito a mais. 

O que eu achei?

Achei MUITO VÁLIDO. Meu único senão foi que o programador colocou intermináveis 8 segundos de intervalo entre um voto e outro, de resto, pra mim foi perfeito. Observei algumas pessoas insatisfeitas com o resultado final, achando que a votação alterou o contexto da votação, mas isso não aconteceu, de verdade. Mesmo que a votação alterasse o resultado final em todas as categorias, eu, ainda assim, acharia válido, porque acredito que o público presente nos eventos merece essa voz, essa homenagem. Se sentir "útil" para a bailarina / grupo que o convidou e não somente ficar sentado sem participar em nada do evento. 

Considerações Finais:

Só elogios para o E-Ventre 2013 - resultados justíssimos, ambiente agradável, inovações e um desejo genuíno de mudar a realidade dos eventos em São Paulo. Parabéns à Deborah, que teve coragem de "bancar" as inovações (e agora tá tomando a "porrada" que segue, mas ela é brasileira e não desiste nunca), e, com certeza, irá colher frutos positivos dessa seara. 

E, como alguns puderam assistir, virei vidraça no E-Ventre, depois de muitos anos, dancei solo em um evento, mas dessa vez de uma forma tranquila, apenas como convidada. 




O que acharam?

Contem pra gente suas impressões sobre as inovações do E-Ventre, estou louca para saber de tudo.

Grande beijo!!!


5 comentários:

  1. =D, concordo com vc Verinha, em quase todos os quesitos, adorei as inovações que tiveram no evento. A votação popular foi de longe a minha preferida, achei sensacional. E eu ameiiiii muitoooo a coregrafia do StudioK, elas arrasaram muito mesmo, estão de mega parabéns pelo trabalho. Só no concordei no profissional, AO MEU GOSTO ( antes que causem...kkkk, na minha opinião...) eu preferia outra, mas isso é gosto meu... =D, mais uma vez a Dé esta de parabéns pelo trabalho incrível que faz, e para mim o Eventre continua sendo um dos melhores eventos de dança do ventre atual... ( na verdade, eu só gosto mesmo de dois...kkkk), de eventos desse porte, só pra ficar claro viu!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei muito!. Achei bem rápida a divulgação dos resultados. A única coisa que chega no final das competições muita gente vai embora rsrs!. Mas parabéns Deborah amei!!Ano que vem estaremos ae novamente!!

    ResponderExcluir
  3. Verinha vou falar como Deborah: Eu sempre gostei de pessoas ousadas e corajosas.
    Tantos outros artistas como Maddona, Elvis, Basquiat e tantos outros, ousaram e fizeram história. Acredito que a alma de artista seja assim, incansavelmente em busca de "deixar sua marca" e sua excelencia. Comigo nao seria diferente pois sou bailarina e artista plástica na vida real

    Pessoas que, com simples atos, podem mudar o mundo - e isso se confunde com os ideais do E-Ventre. Coincidentemente nosso país está "acordando" para "dar voz ao povo" e acho superválido ouvir e fazer algo mesmo que em menor escala, mas colocar em praticar esta vontade de participar mais e mais!

    Gosto muito da frase do Ayrton Senna que ele diz: "nao importa o que vc seja, quem vc seja ou o que deseja da vida. A OUSADIA EM SER DIFERENTE reflete na sua personalidade, no seu carater, naquilo que vc é. E é assim que as pessoas lembrarão de vc!

    Superbj
    Deborah Macedo
    Bailarina e publico de dança do ventre

    ResponderExcluir
  4. Vera falando como e-ventre (rs...tinha escrito um comentario enorme mas nao foi!!)
    Obrigada pela força máxima em nos ajudar em um trabalho tão arduo que foi a votação. Vc foi estrategicamente colocada lá pela sua idoneidade e por, sempre colocar suas criticas e sugestoes bem colocada.

    Falando em E-ventre
    Sempre vamos buscar a excelencia em eventos pois a cada dia crescemos e aprimorarmos.

    E sobre a votação, se faz necessário. Não dá para ignorar este publico ávido que ora está no palco e também é publico.

    Vamos ajustar? sim vamos!!! Mas nunca vamos nos acomodar

    Temos muito a fazer? Sim
    E o E-Ventre é ousado, e tem humildade em reunir as sugestões e ajusta-las! Queremos melhorar a cada dia mais e, contamos com todas!
    Bjkas
    Deborah Macedo
    Equipe E-Ventre

    ResponderExcluir
  5. Bom... participei na mostra e foi minha primeira vez no e ventre como participante e como público...infelizmente não pude ficar muito. Mas amei o ambiente ou melhor o ar do evento.. Não senti o peso que o Mercado Persa carrega... uma energia gostosa....gostei muito e vou voltar certamente.
    Eu vi vc Vera, mas fiquei com vergonha de me aproximar e vc me achar a louca kkkk ...sempre acho que vou incomodar...então fico na minha.
    Adorei dançar..mesmo como mostra...aliás estou gostando bastante de mostras... dança com responsabilidade, mas sem o peso da competição.
    Adorei esses dois grupos..de azul e o de rosa amei!! O solo... não sei..não vi todos...mas não me animou...(gosto pessoal, gente) A bailarina é linda, dançou muito bem...parabéns a ela.
    E amei a inovação...passou da hora da tecnologia ajudar nesses eventos..parabéns a idealizadora...arrasou! bjos

    Ka Najma

    ResponderExcluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...