28 agosto 2012

A dança com um propósito: Corrente do Bem - Aline Lemos


Dizem que somos do tamanho de nossos sonhos. Prefiro acreditar que isso é verdade. Mas as experiências da vida sempre nos furtam uma estrelinha dos nossos sonhos com aquela coisinha incômoda chamada "realidade". E passamos a sonhar bem menos, ou até a não sonhar mais. 

E existem pessoas que fazem da sua vida cotidiana uma realização diária de sonhos. Assim é Aline Lemos, uma jovem de 21 anos, que nasceu com Síndrome de Down, porém não se intimidou diante dessa chamada "limitação" física. Esse nome "limitação" que nós, os chamados "perfeitos" colocamos na condição das pessoas especiais só mostra o quanto desdenhamos da nossa própria força interior. 

Aline trabalha, ajuda financeiramente em casa, pratica dança do ventre há 5 anos com o grupo Malak, dirigido pela grande Nira Lucchesi, e pratica ginástica artística em nível competitivo. Atleta vitoriosa, conquistou o direito de representar o Brasil no I Mundial de Ginástica Artística para Síndrome de Down, que será realizado em Setembro, em Leicester, na Inglaterra. 

Infelizmente, a Confederação Paralímpica Brasileira não custeia a participação dos atletas neste tipo de competição, e é por isso que Aline precisa da sua ajuda. Vamos nos unir nesta corrente do bem, para mostrar que a galera da Dança do Ventre tem força quando unida em favor de um objetivo nobre. 


A Primeira Iniciativa é da Revista Shimmie: você poderá doar R$ 10,00, e receberá de presente a histórica primeira edição da Revista. Não se trata de compra. A Revista está oferecendo este presente às pessoas que se motivarem a entrar nessa corrente do bem. 

Para adquirir, vá em www.lojashimmie.com.br, e logo na primeira página está em destaque o link para doação: 


Não deixe para amanhã!!! Faça sua doação HOJE!




O Ateliê Ju Marconato também ofereceu um figurino para leilão, e este também é de quebrar o coco e arrebentar a sapucaia. Se você já estava afim de comprar um figurino, aproveita a oportunidade, use sua vontade de brilhar mais na dança para ajudar a Aline a brilhar no esporte!

Clique aqui para dar o lance:


O lance atual está em R$ 400,00. É um belíssimo figurino, e a causa muito nobre. Vamos ajudar galera!!



Lulu Brasil também está participando da corrente do bem, e está organizando uma edição especial das Noites em Shangrilá no dia 07/09/2012, sexta feira, com um elenco absolutamente EXPLOSIVO. Fala sério, olha este quadro!!! O valor também é promocional, então CORRAM, tenho certeza de que os ingressos vão virar pó logo logo. Se você não é de São Paulo, e está a fim de visitar a cidade no feriado prolongado, aproveite essa oportunidade de ver dança de excelente qualidade e ainda ajudar a Aline!

*******************

Verinha, mas eu não tenho 10 conto, não posso dar lance, não posso ir a Sampa no feriado, e quero ajudar, como posso fazer? 

Você, com certeza, curtiu páginas de Empresas Privadas no Facebook. Podem ser empresas de cosméticos, bancos, planos de saúde, qualquer coisa! Cole a foto da campanha nos grupos, nas páginas dessas empresas, quem sabe alguém não se sensibiliza a fazer uma doação grande? Gente, o "Não" nós já temos, vamos batalhar pelo sim. De repente, uma dessas empresas topa patrocinar a viagem da Aline, ou faz uma doação, ou paga a passagem, qualquer coisa, mas é preciso tentar. 

Eu sinceramente acredito que uma ação como essas tem o poder de renovar as energias dentro do nosso meio, para provar que bailarina de dança do ventre não é só vaidade sem propósito não. Temos muito a oferecer para o mundo. 

Te vejo nas Noites em Shangrilá hein!!!

Beijos a todas!!

"Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos, se não fora
A presença distante das estrelas!"
(Mário Quintana)


Clique na imagem para comentar.

26 agosto 2012

V.A.L.O.R.I.Z.A.R. - Amar el Binnaz Melhores do Ano - Etapa 2


Olá meninas!!!

Essa semana no trabalho eu escutei uma frase de um colega sobre a performance da equipe que me intrigou:

"O potencial de sucesso de um profissional é diretamente proporcional à sua capacidade individual de valorizar o trabalho do outro."


Parece uma frase clichê e extremamente piegas, mas pensando no dia-a-dia é uma grande verdade. Só consigo alçar vôos maiores delegando tarefas, dividindo atribuições, e isso só é possível quando confio no outro elemento da equipe, ou seja, valorizo sua atuação enquanto profissional. E é um exercício que não cessa nunca, em nenhuma área da vida! 

Na dança, este é um exercício bem mais difícil. Nossa persona bailarina é construída tendo como alicerce a vaidade. O ego é o agente a ser alimentado durante toda a caminhada. E não podemos ser hipócritas: essa combinação funciona para a "manutenção do meio", para manter as alunas motivadas, eventos, apresentações e escolas lotadas. Mas a motivação sempre acontece "de dentro para fora", a bailarina espera sempre ser assistida e aplaudida, e quase nunca exerce a outra face da moeda. 

"O potencial de sucesso de um profissional é diretamente proporcional à sua capacidade individual de valorizar o trabalho do outro."

Qual poderá ser o potencial de uma bailarina que jamais se motiva a aplaudir o trabalho de suas colegas?

É por isso que a votação popular do Amar el Binnaz Melhores do Ano 2012 foi criada. Para dar uma oportunidade às bailarinas de reconhecer o trabalho alheio, de não somente olhar para o seu umbigo, mas aplaudir a quem merece, dar crédito a quem fez um bom trabalho durante o ano. 

E agora iniciaremos a fase 2, com os demais critérios para eleição dos Melhores do Ano. A votação começa hoje, e terminará no dia 25/10/2012. Os resultados da votação popular serão divulgados em 01/11/2012, e... teremos uma surpresinha na Shimmie nr. 14 com os vencedores de cada categoria.

E vamos à votação:


E será que tem prêmio para quem participar da Fase 2 da votação popular dos Melhores do Ano Amar el Binnaz? Claaaaro que tem...


Ao se inscrever para participar da Fase 2 da Votação dos Melhores do Ano, você estará, automaticamente, concorrendo a um super kit "Shimmie Ampliando Conceitos", com:

1. Glossário da Dança do Ventre, da Bailarina Suheil;
2. Caderno Shimmie;
3. Chaveiro Shimmie;
4. Porta-perfume Shimmie;
5. Revista Shimmie nr. 12
6. DVD do 1o. Festival de Bailarinos Árabes - Titãs

Vamos votar MUITO galera!!

Pra quem ainda não votou nas bailarinas - Clique aqui para votar na Primeira Etapa do Melhores do Ano:
http://www.amarelbinnaz.com.br/2012/08/vamos-comemorar-o-aniversario.html

Temos bastante tempo para pensar em cada categoria com calma, votar conscientemente e premiar quem realmente merece!! Tenho certeza de que o resultado será muito bacana! Conto com vocês!!!

Beijos a todas!!!


Clique na imagem para comentar. 

20 agosto 2012

Mostra Cultural Arte & Magia 2012

"Está além do sol...
Ou além do mar... bem além do tempo,
Sei que há um lugar
Onde eu quero ir, onde eu quero estar
Ver a fantasia se realizar"
(Rouge - Nunca deixe de sonhar)

Acabei de ler essa frase no Facebook da Faridah Mahaila, e ela combina perfeitamente com as sensações que vivi na Mostra Cultural Arte Magia ontem no Club Homs. 

Cheguei no espaço mais ou menos às 15 horas, o evento rolando a todo vapor. A partir daí, fechei meus olhos de blogueira e passei a admirar os rostos das meninas ao sair do palco, e me peguei pensando: MEU DEUS, onde foi que esse meu sorriso genuíno de prazer ao dançar, ao vencer meus limites, onde ele foi parar? Que vento cruel esse do amor pela arte, esse amor que quanto mais cresce, mais te acrescenta criticidade, mais te rouba do genuíno prazer de simplesmente estar no palco, cada vez mais te coloca em uma atmosfera de cobrança. 

Não pude deixar de pensar que a verdadeira mudança no "meio" de dança do ventre, se dará quando resgatarmos esse momento em nossa trajetória, onde o mais importante é simplesmente o palco e a arte, e a vaidade fica no primeiro degrau da coxia... mas isso é história para um outro dia. 

Vamos agora falar MESMO da Mostra Cultural...

Já falei horrores do Club Homs nos anos anteriores, o palco é realmente muito bom, o clube tem uma estrutura ótima, isso sem falar na importância daquele palco para a história da Dança do Ventre em São Paulo. Mas eu acho que a Organização do Evento já tem que pensar em uma fórmula diferente para o evento, para motivar grupos diferentes à participar do evento. Quem sabe o convite feito escola a escola, professora a professora? Entendo que existe a necessidade de manter a fidelização de quem vai todos os anos ao evento, mas o evento fica muito igual, sempre os mesmos grupos, as mesmas professoras, as mesmas coisas. Não é uma crítica negativa, apenas uma revisão dos 3 últimos anos de evento, em que observo várias coisas repetidas. 

Fiquei encantada com a leveza do Grupo Grécia, tanto com a dança, quanto com a música, que delícia de se dançar ao vivo. Mais ainda com a apresentação da Állyyta Suheir, que nas fotos automáticas da minha câmera me trouxe uma imagem lindíssima, de uma entrega incrível:


O mais interessante em se participar da Mostra Cultural é conhecer várias professoras que não estão 7 dias da semana dançando na noite de SP, ou de outros estados, e que desenvolvem um trabalho super importante, não somente de ensino, mas de motivação, organização, algumas fazem caravanas, e se esforçam para que o máximo de familiares se mobilizem para assistir a aluna nesse momento tão importante da trajetória dela, enfim. São professoras, ensinam os passos, mas são facilitadoras de sonhos, algumas colocando, inclusive, a prioridade da satisfação da aluna acima de sua própria satisfação. Via de regra é lindo de se assistir.

Quero convidar a você professora, que ainda não levou seu grupo para participar da Mostra Cultural, para que no próximo ano você dê essa oportunidade às suas alunas de dançar nesse palco tão importante, tão tradicional, e mostrar seu trabalho, fazer contatos, conhecer pessoas novas... Ir ao evento aberto para receber, e o universo trará, com certeza. Nem que a única recompensa seja o sorriso de satisfação de suas alunas. Essa recompensa meninas, vale mais do que qualquer outra!!!

Abaixo estão algumas fotos do evento - umas automáticas da filmadora, outras tiradas com pessoas queridas!! Espero que gostem, e contem sua experiência na Mostra Cultural!

Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior.







Giuliana Scorza


Dana Amar (Chile) - Atração Internacional do Evento


Joelma Brasil




Aisha Samyia



Níjme - uma das minhas professoras. 


Alessandra Roncoleta



Me contem tudo!!!

Beijos a todas!!!


14 agosto 2012

Vamos comemorar o aniversário??? Sorteiooooossssssss...

Olá minha gente!!!

Amanhã este bebê faz 4 anos... se eu pudesse contar todas as alegrias que surgiram na minha vida depois que eu comecei a compartilhar meus pensamentos aqui com vocês, seria necessário outro site com um servidor bem parrudão. São muitas. Acho que minha maior alegria é comprovar que na Dança do Ventre existe sim gente boa, afim de compartilhar suas experiências em um ambiente amistoso, que nem tudo é vaidade, que é possível encontrar amizades e afinidades, que é possível não se deixar tragar pelo ego, mas fazer da proposta de aprender uma etapa de crescimento pessoal. Blogar é um ato de amor

Ultimamente vocês têm visto que as postagens diminuiram bastante, mas é que depois da cirurgia eu estou sofrendo algumas alterações de humor, e não quero transformar o Amar el Binnaz num ambiente de mimimi. Aqui a alegria impera, e será para sempre assim!!! Mas tenho certeza que logo tudo volta ao normal. 

E já que a alegria impera, nada melhor que um sorteiozim.... KKKKK....


Um kit que eu tenho CERTEZA ABSOLUTA que quem ganhar vai aproveitar bastante:

1. DVD Zahra Sharq 2011 - presente da Hanna Aishahttp://hannaaisha.blogspot.com.br/, parceira e amiga querida do blog!!

2. Paleta de 120 cores - Essa paleta é mais do que famosa, e como maquiadora digo a vocês que as possibilidades com ela são quase infinitas. Boa pigmentação e fixação. 

3. Caixa com 12 pares de cílios postiços - Adereço hoje quase indispensável à bailarina. GRAMU TOTAL. 

4. E o presente super especial da parceira Izza Artigos do Oriente: esse camelinho de pelúcia que é FOFOOOOOOOO demais!! Super obrigada Izza!!!

Clique na imagem para conhecer a loja da Izza!


Para participar do sorteio, basta ser seguidor do nome (se você ainda não é, basta clicar em "seguir este blog", na caixinha da direita) e preencher o nome e e-mail no box abaixo. O sorteio começa hoje e termina em 14/09/2012. O resultado será revelado em 15/09/2012!!!


Boa sorte a todas!!!

*******************************************************************************
Votação Melhores do Ano 2012 e mais um sorteiozim.............

Como eu disse no final do ano passado, a votação dos melhores do ano em 2012 começaria bem antes, e seria feita em etapas. Pois já é Agosto ora pois, vamos começar!!!

Nesta primeira etapa, você poderá votar em quatro categorias:

1. Professora / Mestra que você indica - aquela professora que você mais gostou de fazer aulas, ou aquela professora que se destacou em 2012, e com a qual você quer muito fazer aulas;

2. Bailarina Amadora do Ano 2012 - a bailarina amadora que mais se destacou no ano de 2012 pra você;

3. Bailarina Revelação do Ano 2012 - a bailarina que você não conhecia tanto assim, mas que "tomou conta" de sua rotina de estudos em 2012, e, finalmente....

4. Bailarina do Ano 2012 - a master blaster super suprema bailarina linda de 2012.

Não esqueça de, em todas as categorias, colocar o nome da bailarina e o estado em que ela atua, ok???


Confesso que nesta primeira etapa, quero ver muitos nomes de outros estados, nomes de bailarinas que não conhecemos aqui em São Paulo, pois será uma ótima oportunidade para conhecermos o trabalho das bailarinas de outras localidades.

A apuração dos votos será em 15/09/2012. Depois da apuração dos votos, serão divulgadas as 5 primeiras colocações de cada categoria no blog, com vídeos para conhecermos o trabalho desenvolvido por estas bailarinas. A segunda etapa começará em 1o. de outubro, quando faremos a nova votação entre as 5 primeiras colocadas de cada categoria!!!

Coloque sua bailarina preferida na frente. VOTE!!!! 

E, para as habibas que participarem da votação de melhores do ano tem presente???? Claro que tem Lombardi!!!!!!!!!!!!!!!! 

Quem participar da votação de Melhores do Ano, automaticamente concorrerá ao kit abaixo:

1. Quarteto de sombras Avon na cor "Coleção Luxo";

2. Kit de pincéis Macrilan; 

3. Paleta de blushes da Jasmyne (que eu tenho e estou APAIXONADAAAAAA);

4. Kit com o Glossário da Dança do Ventre + Edição nr. 1 da Revista Shimmie (que já vai pro ano 3, portanto, RELÍQUIA). 

****

Não perde tempo não vai....


Por último, eu gostaria de agradecer mais uma vez a todas as leitoras e amigas do Amar el Binnaz, que durante esses quatro anos foram meus sorrisos a cada comentário lido, a cada link compartilhado. Eu não tenho, e nem nunca terei palavras para agradecer o carinho de vocês todas comigo, a paciência, a compreensão. Vocês são a prova viva de que a Dança do Ventre tem muita coisa boa, basta dar oportunidade ao bem. Amo vocês!!!

Beijos e BOA SORTE PRA TODO MUNDO!!!!!!!!!!!!! EEEEEEEEEEEEEEEEEE!!!!


Clique na imagem para comentar!!

02 agosto 2012

Extraindo o novo do que é antigo: demodê ou receita do sucesso?

Olá meninas!


Assistindo às competições de ginástica das Olimpíadas Londres 2012 (#vício), é notável a absurda mudança a ginástica artística vem sofrendo nos últimos 20 anos. Os movimentos cada vez mais dotados de força, e a beleza e perfeição sendo deixadas de lado na pontuação se o grau de dificuldade e força do movimento é alto. Me espantou o fato de uma guatemalteca ter caído no salto sobre a mesa (A.K.A bunda no chão, o que invalida a chegada), e pelo salto executado ser o mais difícil do código de ginástica ela tirou 14.900 de nota. Por um outro lado, a transmissão não faz mais menção às grandes ginastas do passado como Nadia Comaneci, Helena Shushunova, Tatiana Gutsu, Svetlana Boginskaya, Lilia Podkopayeva (esta aliás, bailarina clássica de mão cheia, levou o ballet para o tablado com louvor!), Oksana Chusovitina... Tenho a impressão que Nadia Comaneci hoje não tiraria nota 10 na trave de equilíbrio com todos aqueles perfeitos mortais pra trás sem o apoio das mãos...

Lilia Podkopayeva, a bailarina da ginástica artística

De semelhante modo, a Dança do Ventre executada no Brasil mudou, e muito, nos últimos anos. O avanço tecnológico nos trouxe de presente muita informação e fonte de estudos, e ao mesmo tempo a possibilidade de conhecer em tempo real a dança que mobiliza as bailarinas do mundo inteiro. Nos possibilitou, também, conhecer a dança das bailarinas antigas, as da era de ouro, as mulheres que popularizaram a dança no Egito a partir dos anos 40. Se no final da década de 80, início dos anos 90 o problema da dança do ventre no Brasil era falta de informação, e a dança era praticamente intuitiva, hoje “estamos sobrando” com informação de tudo quanto é lado, inclusive com a possibilidade de estudo de diferentes escolas de conhecimento, fusões, e a dança é muito mais técnica.

Nos últimos 4 anos, particularmente, observo uma procura muito maior pelas bailarinas atuais. Quem quer dançar profissionalmente se inspira em quem está no topo ATUALMENTE, e dedica suas horas de estudo somente à estas bailarinas. Para citar alguns nomes: Saida (a mais mais com certeza), Randa Kamel, Soraia Zaied, Lulu Sabongi, Kahina, Dina, Darya Mitskevich, Jillina, Ju Marconato...

Ju Marconato, a grande musa da nova geração da Dança do Ventre

 Outro dia fiquei espantada com uma colega profissional que NÃO SABIA quem era Naima Akef! (OMG, como assim beeecha???) A partir deste insight, não é difícil perceber, então, o porque da dança ter chegado à este nível de estagnação tão forte e tão perjorativo. A dança hoje preza simplesmente pela perfeição plástica, e pelo impacto que os movimentos de maior dificuldade causam no público, mas peca demais em interpretação e expressão. Vira, portanto, uma dança vazia.

Todas as bailarinas citadas acima possuem uma rotina de estudos que envolve não só o estudo de outras referências, mas que preza o desenvolvimento do estilo próprio, e, principalmente, a maioria das brasileiras da lista utiliza como referência de estudo as bailarinas do passado, aquelas de quem falamos sempre: Souhair Zaki, Naima Akef, Taheya Karioka, Samia Gamal, Nagwa Fouad, Azza Sharif, Lucy, Nelly, togethers and evers. Esse estudo não envolve somente a dança, mas também o entendimento do contexto musical da época, que é muito diferente da diversidade de sons que temos hoje como estímulo para a dança. Motiva a bailarina desafiar o instrumento sem medo de perder a “postura” e a personalidade. Quem é que não se curva para aquele “hagallão” cheio de personalidade executado por Azza Sharif?



Mas o que será que acontece?

É simples, muito simples. A dança das bailarinas antigas não é aquela dança passível de recorte e reprodução. Essas bailarinas tinham como característica mais forte em sua dança o carisma, e, a maioria delas, tratava de colocar em sua dança uma assinatura particular, mesmo que a técnica não fosse a mais apurada possível (não todas). Por exemplo, eu não vejo tanto primor técnico em Taheya Karioka como eu vejo na Naima Akef, porém, existem outros fatores além da técnica dos passos a serem estudados nessa bailarina. Assistindo à sua dança, não dá para copiar NENHUM passo (mentira, dá para copiar os shimmies triangulares, muito pequenos e perfeitos), mas dá sim para estudar sua suavidade e delicadeza, principalmente nos lentos.




O estudo de uma bailarina não deve acontecer somente em frente ao espelho, reproduzindo passos e a partir deles descobrindo novas possibilidades. Esse estudo pode e deve começar nas bailarinas que inspiram as bailarinas que você admira. Além de entender melhor a dança que você está estudando, com certeza, novos caminhos se abrirão para o seu próprio repertório. Basta estar com a mente aberta para receber!

Beijos a todas!!!


Clique na imagem para comentar



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...