18 maio 2012

Uma homenagem à Warda

1940 - 2012
"O artista nunca morre, mas vive através de sua obra. E a obra resiste ao tempo."


Quem é Warda para você?

Se você começou a fazer aulas a pouco tempo, talvez esse nome não faça nenhum sentido para você.

Se você faz aulas há um tempo razoável, uns 2 ou 3 anos, às vezes até conhece, mas não pelo nome, somente como a "cantora daquela música baladi gostosa, como é o nome mesmo?".

No entanto, se você gosta de pesquisar sobre música, e conhecer as pérolas do cancioneiro árabe, esse nome, essa voz, traz muito à sua mente. Ela é Warda, cantora que nasceu na França em 1940, filha de um argelino e de uma libanesa. Começou a cantar aos 11 anos de idade. Aos 14 já gravava canções patrióticas em favor da independência da Argélia.

Aos 20 anos, Warda chegou no Egito, e sua primeira parceria no Cairo foi com o compositor Riad el Soumbati. Gravou algumas canções, inclusive com Abdel Halim Hafez, mas sempre com a política e o patriotismo como tema. 

Se casou na Argélia aos 21 anos, e parou de cantar publicamente por solicitação do marido, cantando apenas nas comemorações familiares por 10 anos. Em 1972, aos 32 anos, foi convidada pelo presidente da Argélia para cantar nas festividades do décimo aniversário da independência da Argélia, convite que foi aceito, porém com uma consequência devastadora: seu casamento acabou. 

Daí então ela passou a viver no Cairo, gravando músicas de Abdel Halim Hafez e Mohamed Abdel Wahab, entre outros. Alcançou um sucesso estrondoso, sendo considerada por alguns a substituta de Om Koulthoum. Mas o maior talento de Warda foi ser ela mesma. Cantou canções que motivaram milhares de pessoas a lutarem por sua independência. Cantou canções que ajudaram milhares de pessoas a expressarem seu amor. Cantou canções que motivaram a milhares de pessoas a desafiarem seus corpos a flutuarem na melodia.  

Ontem, dia 17/05/2012, a voz se calou para sempre. Mas estará para sempre no coração de quem ama e reverencia a música e a poesia árabe. Salve Warda!


Stevie dança "Haramt Ahebak" - by Warda




Davinia dança "Tab Wana Mali" - by Warda (versão regravada por um cantor)



Shalymar el Amar dança "Batwannes Beek" by Warda




Warda, muito obrigado por nos fazer dançar ao som de sua linda voz! As estrelas cantarão sua chegada, com certeza!!




Beijos a todas e bom final de semana.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...