19 julho 2011

11

Com arte, com amor e com vodka: Yassmin


Ultimamente tenho sentido uma certa estagnação no assunto "workshops internacionais". Quem trazer para realmente acrescentar conhecimento para a dança brasileira? Saida? Já veio. Jillina? Praticamente mora aqui. Randa? Já veio. Raqia? Já veio. Bellydancers Superstars? Já vieram. Dina? Já veio. Tito? Já veio... e blá, blá, blá...

Mas essa moça aqui não veio: bellydancer Yassmin, da Rússia. 

Como eu já havia dito aqui no post sobre Yevgenya Kopteva, a Rússia é um grande celeiro de tudo o que é bom no mundo, e Yassmin é, sem dúvida nenhuma, uma grande bailarina que por sua capacidade de expressão e por seu nível técnico deveria ser referência na dança do ventre. 

Meu primeiro contato com a dança de Yassmin aconteceu no famoso vídeo de "Ya msafer wahdak", onde ela dá uma aula de expressão e sensualidade, é bem diferente do que estamos acostumados a assistir para essa versão da música - pelo menos aqui no Brasil a música é basicamente executada para performances Andaluz com todas as sequências Mahmoud Reda possíveis. Yassmin trouxe uma outra solução em interpretação, com acentos e deslocamentos suaves, muitos movimentos sinuosos e tremido, com muita qualidade na execução. 

É uma bailarina que possui como marca registrada a elegância e a delicadeza, mesmo executando um solo de percussão, imprime sua assinatura na música com muita graça e leveza. 

Na novela "O Clone" os árabes costumavam dizer que boa é a mulher que "enche a cama", e eu costumo dizer que "boa é a bailarina que enche o palco". É exatamente essa impressão que tenho quando assisto um vídeo de Yassmin: ela consegue preencher todos os espaços, somente com boa dança, muita interação com o público, e, principalmente, com um repertório de passos 98% árabe. De vez em quando vemos uns arabesques, uns chutinhos de nada (como toda boa russa ela deve ter o clássico como base), mas no geral, ela é extremamente tradicional em dança do ventre. 

Assistir a dança de Yassmin reafirma minha crença de que não existe apresentação "pobre" ou "sem graça"  quando há muita qualidade e prazer ao dançar. 

Eu quero vê-la no Brasil. E você?  Com vocês: Yassmin











Se alguém aí estiver com o russo em dia, o site oficial dela é: www.yassmin.ru!!!

Beijos a todas

11 comentários:

  1. eu também descobri a yasmin esta semana estou paixonada por ela coloquei os videos dela entre meus favoritos e divulguei nas comunidades que eu faço parte, o que mais me encanta é que diferente do que esta na moda ela é expressiva sem exageros, amei, exatamente o estiloq ue eu gosto

    ResponderExcluir
  2. Verinha !!! PARABÉNS pelo post !!! Muito bem escrito como sempre, uma delicia de leitura!!!

    Eu particularmente já conhecia a Yasmin, e adoro me deliciar assistindo sua dança... Como é gostoso assim os vídeos dessa bailarina !!!

    Na verdade, eu sou apaixonadíssima pela Olga Nour, e assim, passei a assistir vídeos das bailarinas russas... Minha admiração pela dança da Olga, me levou a escrever um e-mail para ela em 2009, e me surpreendi ao me ver trocando e-mails com ela !!! Só estou escrevendo isso, por em um dos e-mails, eu perguntei porque ela não vinha ao Brasil, ministrar workshop, muito educada disse que viria, bastando ser contactada, e convidada... (óbvio né!).

    Respondendo à sua pergunta Amar, eu quero a Yasmin no Brasil !!! Puts, seria muuuuuuito bom variar e fazer um work dela !!!!!

    Mas, aproveitando a deixa das russas, eu quero a Olga também !!! Pode ser ????? rsrs

    Excelente dica para as grandes escolas responsáveis pelos festivais... Luxor, Lulu, Jorge Sabongi, Bele Fusco, tá ai a dica minha gente !!! Certeza que ia bombar muito !!!!!!

    http://www.nourdance.ru

    Beijos enormes, Mari.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Verinha!
    Excelente post!
    A Yassmin tem uma dança muito tradicional e fluida, do jeito que eu gosto. Apaixonei!
    Beijos, e que ela venha ao Brasil! Seria maravilhoso!

    ResponderExcluir
  4. Xonei de cara brother!kkkk Que linda elaa Verinhaaa! Sabe quando vc assiste um vídeo sorrindo sem preceber? foi esse. Valeuuu, beijooooss;**

    ResponderExcluir
  5. Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah, assim vc me deixa louca, nós somos gemeas e eu não sei???

    Eu A-M-O bailarinas russas, todo mundo sabe, e a Yasmin é uma das minha favoritas, gosto dela desde os idos de 2006 eu acho, q procurando figurinos caí num forum russo e achei um video dela dançando num concurso um derbake em calça bailarina que ta la no meu multiply!!! Na mesma época descobri a Evgenya Kopteva, esta foi campeã do mesmo concurso e conclui q as russas boas tem uma coisa em comum, todas elas são moooooito chiques =P

    Brincadeiras a parte, acho ela super tradicional, a questão "balletica" fica mais por conta da postura e elegancia, mas o resto é beeeem tradicional, o quadril é nervoso na medida exata e cara, a mulé é sexy, muito sexy sem ser vulgar nunca, deveria ser material de estudo pra toda bailarina q acha bonito pagar de devoradora de homens!!!hauhauha


    Ahn, o video dela dançando de calças é este:
    http://www.youtube.com/watch?v=cUVY1vqL3wI

    ResponderExcluir
  6. Simone Rocha....


    Adorei a tecnica dela. Gostei muito da expressão me lebrou muito a Asmahan que também enche a cama o palco e onde aparecer(ADOROOOOOOOO)!!!! Confesso que não conheço muito as Russas, mas pelo visto me encontrei.

    Vou estudar as bailarinas comentadas aqui. a MÚSICA Ya msafer wahdak é divina. Vi a Jade dançando e me emocionei.

    bjão
    to escrevendo anonima pq não consigo acessar com meu e-mail.

    ResponderExcluir
  7. *_* nao conhecia mais ja adorei!!! com certeza vou usar como referencial pra estudar!!!

    #teamyassmin \o/

    ResponderExcluir
  8. Uaal ela arraza mesmo!!!

    http://tahmakeup.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu gostaria de tê-la aqui, assim como um número enorme de bailarinas russas. Acho que precisamos um pouca de miscigenação russa na dança do ventre brasileira, porque elas possuem uma infinidade de leituras diferentes das que costumamos ter aqui. Desde suavidade como a Yassmin, até algo mais forte.

    E concordo Verinha, bailarina tem que preencher o palco. Usar cada pedacinho como se estivesse encerando o chão ao dançar e não pudesse deixar um espaço desprivelegiado.

    ResponderExcluir
  10. Eu adorei a leitura musical da Yasmin: presisa, fluida , suave e com belas transições! Tudo isso eu persigo na minha dança e o post valeu para ter mais uma referência de estudo.
    Valeu!

    ResponderExcluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...