23 maio 2011

6

Histórias de fã: Eu e Soraia Zaied

Toda amante de dança do ventre, quando inicia seus estudos, toma uma bailarina como referência e segue acompanhando os seus passos. No meu caso, tinha tudo para ser a Kahina: foi essa a primeira bailarina de que ouvi falar no momento em que entrei em sala de aula. Também tinha tudo para ser a Lulu, que era a referência maior de minhas professoras na época. Mas nenhuma delas me chamou tanto a atenção quanto a moça dos quadris mais poderosos da atualidade: Soraia Zaied. 

Desenvolvi com Soraia esse relacionamento à distância que é característico de ídolo e fã: procurava todo e qualquer material - em vídeo ou impresso - em que ela estivesse presente. Sempre a estudei muito.

A primeira comunidade do Orkut em homenagem à Soraia eu criei em 2005 - na época o Orkut bombava!!! Dei um search no nome "Soraia Zaied" e não apareceu nenhuma comunidade. Como assim a Soraia não tem comunidade? Não tinha meu bem!! Tá criada:


E ela passou a fazer parte da minha vida, como alguém muito presente, que faz parte do dia-a-dia mesmo. 

Daí vc chega naquele estágio de loucura em que começa a falar com a televisão:
- Pô Soraia, esse tremido de tensão é o cão fia!!! Né possível...
- Mas e se eu levantar os calcanhares, será que fica igual? Não né? Acho que não...

E depois chega naquele estágio que até interage com a dança da pessoa no vídeo e começa a pitacar as coreografias:
- Mas Soraia, esse shimmie africano, cê tem certeza? E esse passinho meio carimbó, será que dá certo... mulherrrr, esse povo do Egito é meio exigente....
- Ah Soraia, meu, não gostei...  Ah, que é isso meu!!!

Só depois que o marido avisa que você está conversando com a TV é que você se dá conta do tamanho da loucura! Mas é coisa de fã, plenamente normal. 

Até que chega o dia em que você tem a oportunidade de encontrar essa pessoa, e quer em um minuto resumir tudo o que ela representa na sua vida, quer dizer o quanto ela foi (e ainda é) importante para o seu crescimento enquanto amante da dança do ventre, e bailarina. Que com as vídeo aulas dela, e com os vídeos de apresentações dela foi possível conhecer o que era dança do ventre "de verdade". Não existiam palavras suficientes, só as lágrimas é que puderam dizer por mim o que meus lábios não eram capazes. 

Das loucuras da sala de TV para a realidade: Eu e Soraia Zaied

Cara de cansada, óbvio, depois de quase 7 horas maquiando a mulherada para as Super Noites... 
e nem pude fazer a maquiagem da Soraia, snif, snif...

Dei o maior vexame chorando, mas valeu. Pelas coisas lindas que Soraia me disse, esse momento ficará guardado para sempre em minha vida!

À Soraia Zaied, o MUITO OBRIGADA de todas as amantes e admiradoras de dança do ventre deste país!!
E nossos votos de muito sucesso, que através de sua dança ela eleve sempre o Brasil ao Olimpo da dança do ventre!!!

Beijocas

6 comentários:

  1. Ah, mas que isso ...chorar faz parte! Quem nunca derramou as lagrimas ou equilibrou para q elas nao caíssem , quando viu seu "ídolo", que atire a primeira pedra....rs...

    Acho lindo a capacidade q temos de nos emocionar ou melhor, como as lágrimas expressam bem melhor o que sentimos já que nao conseguiriamos mesmo expressar verbalmente tanta admiração e amor :)

    bjs!Sempre acompanho seu blog, mas acho resolvi participar..rs beijos Verinha! Paula Sirimarco

    ResponderExcluir
  2. É o que eu sempre digo... pessoas maravilhosas atraem pessoas maravilhosas... e pras pessoas como você, amante das artes e pessoa que compartilha tantas coisas boas com os outros, Deus sempre reserva as mais lindas surpresas. Parabéns, você merece experiências como essa!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. o melhor é saber que sua 'ídola' correspondeu ao seu carinho e respeito... o dificl é qdo encontramos quem admiramos e ficamos com a péssima impressão... que bacana isso Verinha, é muito bom admirar e se emocionar com pessoas, ainda queno fim sejamos todos iguais, é maravilhoso ter esses momentos com aqueles que tem uma luz extra!

    ResponderExcluir
  4. Verinha, vc foi no domingo na KK assistí-la de novo?
    Ela deu outro show lá!!
    Bjs
    Van

    ResponderExcluir
  5. Quando eu fiz o work da Nour em POA-RS, na hora de tirar foto com ela, eu disse: "I love you, Nour" e dei um beijo na bochecha dela. Ela ficou beeeem vermelhinha, mas foi e é um DOCE!

    ResponderExcluir
  6. Oi Van!!!

    Fui nada mulher, domingo eu tinha morrido e esqueci de deitar!!

    Uma gripe horrorosa!!!

    Beijocas!

    ResponderExcluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...