03 abril 2011

5

Esperança da minha vida - Amal Hayati - Música, Vídeos e Tradução


A obra da Om Koulthoum é um magnífico baú cheio de tesouros do cancioneiro árabe. Aqui no Brasil amamos e idolatramos "Enta Omri", "Alf leyla we leyla", "Leilat Hob", "Daret al Ayam", "Lissah Fakir"  e "Ana Fi Intizarak" (as que considero mais conhecidas), porém de tempos em tempos outras músicas de seu repertório vão sendo redescobertas em nosso cenário "Bellydance Brazuca": no ano de 2010 tivemos a onipresença de "Baeid Anak" nos festivais Brasil afora.

Eu, porém, clamo por espaço para aquela que considero uma das músicas mais lindas (perdendo apenas para "Enta Omri") de seu repertório: "Amal Hayati".

Me lembro que em minhas primeiras aventuras no E-mule atrás de muitas músicas árabes (láaaa em 2004, quando tudo o que tinha no E-mule era Hakim, Hossam Ramzy e algumas podreiras), Amal Hayati foi a primeira música que me motivou a levantar da cadeira e dançar "sem motivo". Aquela música que você termina de baixar, ouve a primeira frase e sente um impulso irresistível de dançar, mesmo sendo a primeira vez que você a ouve, mesmo sem conhecer o restante da música.  É mágico!

Clique no link abaixo para fazer o download da música "Amal Hayati":

Original: http://www.4shared.com/get/vokwZjtB/om_kalthoum_-_Amal_Hayati.html

Versão Rabih Abou Khalil: http://www2.mp3raid.com/search/download-mp3/4380381/amal_hayati.html

Versão Ammar el Sherei (Remix): http://www.abmp3.com.br/download/04-Amal-Hayati-um-Kalthoum-ammar-El-Sherei_347350356e725034786a.html


E fiquei muito mais apaixonada ainda por essa música quando pude fazer sua tradução do inglês. Quanto sentimento, que amor infinito que ela descreve:

Amal Hayati - Esperança da minha vida


A esperança da minha vida,
Meu amor sem fim
A canção mais bela
Meu coração tem ouvido
Leve toda a minha vida,
Só me deixe estar com você,
Só hoje
No fundo do seu coração
Deixa-me sonhar
E nunca despertar novamente  

Minha esperança, minha vida, meus olhos
Você é mais preciosa do que eu
Meu amor (Habibi) de ontem
E meu amor de agora,
E então até o fim dos tempos, Habibi
Diga-me ...
Em qual porto estou perdido,
Quando estou em seus braços
Eu nunca conheci tanta proteção 
Como a tua,
Eu nunca amei a minha vida Habibi
Exceto para você
Eu encarei minhas esperanças, eu enfrentei o mundo
Eu enfrentei o amor
A primeira vez que te conheci e te dei meu coração
Você é a vida no meu coração
Mais felicidade do que isso eu não posso suportar
Mais do que o que eu tenho eu não preciso
Depois de estar com você
Eu não me importaria de morrer

É o suficiente para mim
Acordar ouvindo o murmúrio dos seus lábios
Uma canção
Oh meu amor interminável
No fundo  do seu coração
Deixa-me sonhar
E nunca despertar novamente
Meu amor por você
encheu o mundo inteiro com a adoração
Quando estamos juntos é difícil
Um simples piscar de olhos
Mesmo por um segundo
Não posso deixar de vê-la,
Não posso deixar de ser abençoado por você,
Isso é o quanto eu sinto sua falta
É assim que eu espero por você
Eu gostaria de poder encontrar uma palavra
Que ninguém tenha usado antes 
Uma palavra tão extensa como o meu amor
Uma palavra tão grande como meu anseio e minha paixão
Uma palavra como você
Se existisse tal palavra,
Pois não há nenhuma forma na terra,
Para criar nada como você
No fundo do seu coração
Deixa-me sonhar
E nunca despertar novamente


Infelizmente não vejo muitas apresentações com Amal Hayati no Brasil, mas as Argentinas adoooram, principalmente depois que a Saida dançou em sua vídeo-aula. Abaixo, estão algumas lindas apresentações dessa música que certamente fala muito ao nosso coração:

Jade el Jabel: a grande dama do repertório de Om Koulthoum no Brasil



A leitura de Jade é muito leve e fluida, e percebo uma forte influência da Dina nessa apresentação, nas molduras dos braços, nos acentos e na movimentação. A interpretação da parte lenta é muito interessante (e me irritam profundamente as risadinhas de fundo) e quando a música acelera ela mantém um ritmo médio-lento trabalhando mais tronco e braços, provando que nem só de quadril vive a dança do ventre. MA-RA!!



Interessantíssimo esse vídeo da Hadara, porque essa apresentação de Amal Hayati foge completamente do estilo dela, sempre forte e de batidas marcadas com os já famosos chutes e viradinhas de cabeça mesmo nas músicas mais lentas. Aqui vemos uma Hadara muito graciosa, sem pressa, fluindo com a música. Temos muito que aprender com as finalizações de frase da Hadara, a conexão com a frase seguinte é muito fluida, mesmo se a finalização foi brusca tipo "bater a mão no chão" (alooo Dani!). Incrível. Lá perto dos 7 minutos tem aquele twistzinho da Amani (aquele com uma "sentadinha" no final, que é a ondulação Farida - nome dado pela Lulu) PERFECT! Destaque para a aluna contando os 16 giros da Hadara no final... eheh...



E, finalmente, a apresentação da Saida. Uma das poucas apresentações que babo do início ao fim, a começar do vestido que é um ABUSO! Introdução lenta só com "aquela" expressão e trabalho de braços. Assim como a apresentação da Hadara, esta é uma performance da Saida que foge muito ao seu estilo. Ela faz uma "entrada de bailarina" até 01:46, sem deixar cair a peteca e cansar o público, mesmo num ritmo mais lento. A leitura é impecável, uma apresentação memorável. Mesmo se você não gosta da Saida, não deixe de assistir essa apresentação, tenho certeza de que você ficará muito satisfeito com o que verá. 

Beijos a todas e boa semana!!!

5 comentários:

  1. Oi Amar... Boa noite ! Tudo bem?! Este tópico você matou a pau!

    Oum Kalsoum ... Amal Hayat .... Nossa DIVINO ... Essa musica me passa um ar de superioridade absurda, algo forte e envolvente, como se fosse uma marcha! Nossa faz o coração acelerar quando vai dançar não é?!

    Assisti os três vídeos ...

    O da Jade é lindo de viver uma fluência delicadíssima , Elegante e acima de tudo jeitão JADE EL JABEL DE DANÇAR , que eu sou suspeita , pois amo!
    Adorei o comentário “Jade el Jabel: a grande dama do repertório de Om Koulthoum no Brasil” – Faço de suas palavras a minha!

    A Saida dançando – nem comento – Sou fã, e neste vídeo realmente não é a Saida dançando é uma deusa que encarnou nela nesta dança ... Linda de viver!

    Parabéns pelo post AMAL HAYAT!
    Lindo lindo lindo

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do seu post, quem disse que lendo blogs a gente ñ aprende? assisti os videos pena que no Brasil ela ñ seja reconhecida pois tem um talento nato! seguindo seu cantinho me segue tbm ficaria feliz bjooo:) htt://makealinesimples.blogspot.com ah! está rolando um sorteio lá no blog participa!:)

    ResponderExcluir
  3. Oi TUDO BEM!! ESTOU PEDINDO A SUA AJUDA NA ETAPA FINAL DO CONCURSO CULTURAL IDEIA CRIATIVA QUE ESTOU PARTICIPANDO!
    EU FIQUEI ENTRE AS 10 MELHORES E AGORA VAI SER ESCOLHIDA A MELHOR FRASE, A MINHA É
    "Todos os dias penso na frase perfeita... Tento ter uma IDEIA CRIATIVA, mas não consigo, porque perfeito mesmo é a TILIBRA, perfeição como essa não existe!” Érica Gomes
    PEÇO POR FAVOR, QUE ME AJUDE, É BEM SIMPLES, SÓ É IR NO SITE, NESTE LINK: http://gibarbosa1.blogspot.com/2011/04/concurso-tilibra-ideia-criativa-e-voce.html
    E VOTAR NA MINHA FRASE, ELA É A QUARTA DAS FRASES E A VOTAÇÃO SERÁ ATÉ SEXTA (08/04/2011)
    ESPERO A SUA COLABORAÇÃO, DESDE JÁ OBRIGADA!! CONTO COM VOCÊ!!

    ResponderExcluir
  4. Olá amada!
    Sou uma compulsiva por dança do ventre. Há uns 6 anos fazia aulas e tive de parar...
    Pretendo voltar pois é minha paixão!
    Vc sabe se há tutoriais de dança pela net? Aulas em DVD ou algo assim?
    Lindo o blog parabéns, flor! Já Estou seguindo e vou acompanhar sempre!
    Bjinhos
    http://larafortunato.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...