13 abril 2011

8

Do que se deve admirar: o exemplo de Giuliana Scorza



"Não é o discípulo mais do que seu mestre, mas todo o que for bem instruído será como seu mestre. Porque não há arvore boa que dê mau fruto, nem tampouco árvore má que dê bom fruto. Porque cada árvore se conhece pelo próprio fruto." (Lucas 6: 40, 43 e 44a)


Um dos momentos mais marcantes da minha formatura foi quando nosso paraninfo, professor Norberto (uma das pessoas mais inteligentes que pude conhecer, e uma SUMIDADE em contabilidade), iniciou seu discurso para a turma com a frase:

"Queridos ex-alunos - meus atuais colegas de trabalho. Mais uma vez tenho o privilégio de fazer parte da caminhada de pessoas que até ontem chamei de alunos. Porque a alegria maior de um professor é assistir ao sucesso do aluno, até que ele se torne como o próprio mestre."

No mundo corporativo, é comum se avaliar um líder pelo perfil de seus comandados. No mercado financeiro, que jamais pode esperar que alguém volte de uma reunião, visita, ou whatevers para dar prosseguimento a uma atividade, o bom líder é aquele que prepara seus colaboradores de forma que a engrenagem funcione bem em sua ausência. Há quem pense que isso é uma ameaça à sua própria posição, por ter uma visão simplista e limitada, mas é formando sucessores que abrimos caminho para desafios ainda maiores. 

Porém, na dança do ventre nem sempre é assim. 

Posso dizer, sem medo de errar, que pouquíssimas profissionais preparam suas alunas de nível avançado com o objetivo de transformá-las em professoras. Mais ainda, pouquíssimas profissionais auxiliam suas alunas no aperfeiçoamento da didática em sala de aula. A tão famosa "formação de professores" se concentra somente na qualidade técnica, quando deveria também abranger a formação teórica, conceitos de didática e prática de ensino (direcionado à dança, é claro). 

Além do que foi dito acima, eu NUNCA TINHA VISTO uma professora não só preparar a aluna em todos estes quesitos, mas apresentá-la no cenário de dança como bailarina e professora de qualidade, auxiliá-la na abertura de sua escola e mais ainda: promover uma divulgação em massa da escola da aluna, mesmo que ela seja praticamente no MESMO BAIRRO. 

Mas agora eu vi:

Clique na imagem para visualizar em tamanho maior

Giuliana Scorza é proprietária da escola Harém Dança do Ventre, conhecida por ser uma coreógrafa excepcional, sempre leva muitos grupos aos eventos de dança de São Paulo (quando ela leva pouco ela leva 5 grupos), uma autoridade em véus. 

Será madrinha do Mercado Persa 2011 - venceu a categoria "Senior" no concurso Mercado Persa 2010.  

É colunista da Revista Shimmie - minha colega de trabalho!

O mais interessante ao observar o trabalho da Giu nos eventos é que seus grupos são extremamente organizados, disciplinados - nunca vi aluna da Giu xilicando em evento - e é visível o enorme respeito das alunas por ela, e pela Laylla que sempre foi seu braço direito (acho que às vezes o esquerdo também).  Engana-se quem pensa que a qualidade técnica que suas alunas demonstram no palco é conseguida através de ensaios espartanos e gritos em sala de aula - sua metodologia de ensino é concentrada em "despertar" o aprendizado e a qualidade na aluna, e não arrancá-los à força. 

Bailarina fantástica, professora encantadora.

E agora tenho mais um motivo para admirar esta bailarina ao vê-la concentrando esforços para divulgar a escola de sua aluna como um fruto do seu próprio trabalho, e não com o pensamento de "ah meu Deus, mais uma concorrente no bairro". 

Um líder inspirador!

Uma salva de palmas para Giuliana Scorza!!!

8 comentários:

  1. Nossa muito bacana isso!!! Com certeza por isso que ela chegou onde chegou pela humildade, e por atitudes como essa! Apoiar e ajudar a divulgar uma ex-aluna "concorrente" realmente é um gesto nobre de um líder. Adorei! Ainda não conhecia ela pois sou nova nesse mundo mas vi o video e achei ela muito charmosa e delicada!

    ResponderExcluir
  2. Ah! Vou aproveitar para dizer que adoro seu blog AMAR!! Ando lendo todo dia!!! Quase sempre comento, pois encontro muitas novidades aqui, posts sobre duvidas que tenho e discussões sobre temas as vezes polemicos que muito me interessam! Parabens! E obrigada por ser tão útil ás novatas como eu e com certeza às veteranas também!

    ResponderExcluir
  3. Laylla foi minha primeira professora no Harém e depois passei a ter aulas com a Giu, minha professora até hoje.
    Morro de orgulho das duas... são maravilhosas não só como professoras, mas também como pessoas. Com elas aprendi muito mais do que passos de dança: aprendi mais sobre mim mesma e sobre os outros. Toda arte é expressão de uma interioridade. Cada ser é único e tem diferentes potencialidades, assim como diferentes motivações. Essas lindas mulheres sabem respeitar isso mais do que ninguém.
    Essa propaganda em conjunto, por mais "estranha" que pareça nesse meio, pode ter certeza que pra elas foi mais do que óbvio e natural. É conseqüência inevitável de muito respeito e carinho.
    De uma aluna, eterna admiradora de suas mamães na dança.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. ESTOU EMOCIONADO COM TUDO ISSO... PARABÉNS.... SUCESSO SEMPRE PARA TODOS.

    ResponderExcluir
  5. Adorei!! Linda dança, linda bailarina e linda professora.
    Obrigada por compartilhar Verinha.
    E mto sucesso às duas bailarinas em suas escolas.
    Bjs
    Van

    ResponderExcluir
  6. Sem duvida alguma Giuliana é uma lider inspiradora , que luxo esse post ....

    Concordo em genero, numero e grau ... Nem todas tem esta capacidade.

    Hoje em dia no Mercado também consegui transformar alunas em profissionais , ONDE algumas trabalham junto comigo e outras que tomam seu próprio rumo.

    Verinha , temos este lado tb, não podemos esquecer ....

    Acho tão bacana, a aluna crescer e se tornar profissional, e acho mais legal ainda continuar vendo o carinho delas por nós professoras que muitas vezes somos maezonas de cada uma .... No meu caso, como exemplo tenho a Beatriz Fernandes e Julia Garcia , que até hoje estão LADO A LADO comigo, ensinando e passando todo o seu aprendizado e conhecimento para suas alunas, acho um máximo ....
    Estou sempre ao lado delas para ajudar no que for preciso ....

    Mas fico muito triste quando vejo tb alunas que saem em busca do sonho de ser bailarina e simplesmente não falam mais com a gente .... Isso me deixa muito triste , pois continuamos a ser amigas, colegas de trabalho só que agora de uma maneira diferente , em vez de ter uma pessoas acima e outra abaixo, não .... ESTAMOS LADO A LADO .... O QUE É MAIS BACANA AINDA!

    As vezes nós brincamos e falamos Hadara olha a sua netinha , hahaha ( to ficando velha) acho o máximo, e o mais legal sabe o que é , é eu ve-las (professoras) passando ou falando frases que eu costuma falar em sala de aula para cada uma, sendo passadas para suas alunas novas .... QUE LEGAL!!!!!!!

    Me sinto tão orgulhosa, pois sei que fiz um trabalho bem feito e isso ja me basta!

    LINDO POST !

    PARABÉNS MAIS UMA VEZ!

    BEIJOS HADARA NUR

    ResponderExcluir
  7. Put´s conheço a Guiu faz uns 6 anos no minimo e eu sempre amei o trabalho dela!! Sempre criativa, profissa e muito gente fina como pessoa!!
    A Saphira, outra cria dela tbem e, ganhadora do 1º E-ventre ´´e outro exemplo de profissional formada por alguem muito competente!!
    Estas meninas, no meu coração ocupam um grande espaço!!

    ResponderExcluir
  8. Foi você que me contou que elas eram aluna e professora, pois eu tinha visto o anúncio na Shimmie mas não sabia dessa relação. Quando eu vi achei que eram amigas, parceiras, ex-sócias, mas nunca imaginaria que era uma professora compartilhando o trabalho de uma ex-aluna. Achei muito bonito da parte da Giuliana, aplaudo com você! Espero que outras passem a seguir o exemplo.

    bjinho

    ResponderExcluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...