15 dezembro 2010

14

Bellydance New Divas - Hadara Nur


Olá meninas!!!

"Prefiro ser... essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Se hoje sou estrela, amanhã já se acabou,
Se hoje te odeio, amanhã lhe tenho amor!"
                             (do gênio Raul Seixas)

Falar da Hadara aqui no blog é a maior prova de que o gosto de alguém pode mudar e muito. O meu principalmente. Já falei publicamente e diversas vezes que não gostava da dança da Hadara (tipo, meti o pau mesmo)... pois muito bem. Não gostava. Hoje eu gosto, e a cada dia mais.

Sempre tive a idéia de que a Hadara era cria do "jeito Hayat de ser", com suas viradas de cabeça e golpes de mão. Ela carrega em seu DNA de dança muito do antigo estilo Luxor - mas sua dança vem sofrendo uma transformação muito positiva depois que ela se assumiu como professora e profissional séria de dança. Você vê algo de familiar nisso? Não? Eu vejo: Hadara foi aluna de ninguém menos que Luana Mello, ou seja, teve a melhor base possível no que diz respeito à dança vista de forma "corporativa". E ela aprendeu TU-DO. É uma profissional seríssima e respeitada em São Paulo - sua plástica está sempre impecável (figurino, cabelo, maquiagem, tudo), e ela cuida para que suas apresentações sejam realmente diferenciadas.

Não vou mentir que ainda torço o nariz para a expressão e para o excesso de "estilo Saida" em sua dança, mas, em relação à leitura musical não há nada que se possa dizer de negativo. NA-DA!!! Ponto pra ela! Mesmo no improviso, suas sequências são muito bem elaboradas, o que demonstra um bom conhecimento musical, tanto de repertório quanto de estrutura musical árabe. Ela tem derrubado todas as barreiras em meu coração com suas impecáveis apresentações de Enta Omri, como se escutasse essa música desde o dia de seu nascimento.

Hadara chama a atenção pelo excelente trabalho de braços e pelo aproveitamento do espaço cênico. Poucas bailarinas no Brasil têm essa qualidade em aproveitar 100% do espaço - deslocamentos e giros não são lá tão fáceis de se executar assim (a não ser que você seja tipo... Lulu Sabongi. Aí girar já é como dormir e acordar não é mesmo), e "quem sabe faz ao vivo" e com certeza é diferenciado.

Mercado Persa (no amador e profissional) e Khan el Khalili são etapas já superadas (ainda não mudei minha posição quanto à final do campeonato profissional de 2007 - não concordei com o resultado. Sorry Hadara!).

Enquanto professora, a Hadara é extremamente carismática, porque suas alunas são APAIXONADAS por ela. Pago um pau pra pessoas que conseguem ser bailarinas maravilhosas e professoras carismáticas - realmente esse não é um privilégio de todos. Já formou uma campeã brasileira amadora, a Beatriz Fernandes (que já citei também aqui no blog, porque a acho extremamente parecida com a Hadara, tanto fisicamente, quanto na dança) e ela caminha a passos largos para ser a próxima campeã profissional do Mercado Persa.

Conversando com a Luana Mello, ela me disse que a Hadara é 50% talento e 50% pura batalha em sala de aula. Pra dançar um tantão assim, a guria deve batalhar pra caramba. Merece com louvor toda a nossa admiração e nosso respeito.

Com vocês: Hadara Nur!





14 comentários:

  1. Amar, quando eu terminei de ler seu post estava com um sorriso tão gostoso estampado nos lábios!

    Eis uma aluna apaixonada da Hadara que assina seu feed há alguns meses. À propósito, eu adoro quando tem um post novo seu! Inclusive, foi a Hadara quem me indicou seu blog quando eu perguntei quais podia ler para me jogar de vez na dança do ventre.

    A Hadara é uma pessoa cativante. Como professora, ela é inspiradora. Como profissional, é muito esforçada. Não a conheço há tanto tempo assim, confesso, mas neste último semestre que a tive como professora, adquiri um carinho muito grande por ela.

    Confesso que quando eu vi a foto da Hadara logo de cara no post meu estômago afundou e eu pensei "lá vem" (para você ver que eu também tenho alguns muros erguidos).

    Eu sei bem que gosto é gosto e que às vezes as pessoas se agarram com tanta firmeza a uma ideia que é difícil convencê-las do contrário. Cada um defende as suas paixões. Mas que bom que você é uma metamorfose ambulante.

    O que mais me marcou no seu post foi exatamente isso. Sabe aquele sentimento meio efervecente, que tem tom e movimento? Quando a gente sabe que pode voar para qualquer lugar porque não tem nada nos segurando? Durante o voo, ver novas cores e detalhes nas coisas que a gente observa de cima é a melhor descoberta que existe.

    Um beijo,
    Sua leitora Marina

    ResponderExcluir
  2. Amar , estou super feliz e realizada. Ver o meu nome aqui no seu blog é uma honra grande, pois sei de suas criticas construtivas para todo o universo de dança e cultura árabe, como também em muitos outros aspectos.

    Sempre indiquei seu blog as minhas alunas, pois acho um blog sério, a altura para se aprofundar na dança árabe. Seus tópicos sempre muito criativos e de auto-ajuda para bailarinas novas, intermediarias e “coro-velho”, rsrsrs...

    As vezes quando lia um tópico me entristecia, mas isso fazia com que me desse forças para mudar e aprimorar e abrir os olhos que algo deveria estar errado e deveria ser corrigido.

    Beatriz Fernandez por exemplo, uma garotinha que ganhou o Mercado Persa e tinha apenas 15 aninhos nem sabia ao certo o que estava fazendo lá, pois bem só tinha tido ate aquele momento eu como professora e inspiração e além de tudo para ajudar ou agravar éramos e somos extremamente parecidas, isto é estranho até para mim, acredite, rsrsrsrs.Depois que li aquele artigo sobre a Bia, conversamos e ela iniciou um ano de estudos com a grande Lulu Sabongi, que ajudou por demais no crescimento dela, e ela vem hoje em dia trilhando seu caminho e buscando sua personalidade e sei que vai conseguir , pois ela tem muito talento.

    Era igual eu e minha minha 1ª professora, Luana Mello, eu me inspirava tanto tanto tanto que era idêntica a ela, mas conforme fui crescendo, pegando turmas, fui desenvolvendo meu estilo.Leva-se tempo.

    Interpretações... Você me fez parar e pensar... Cara será que eu faço esta cara de metida?! Que “malllllsssss” tenho que consertar isso urgente, é o que venho prestando atenção, inclusive eu ia te mostrar este último vídeo de Inta Omri ( Oum Kalsoum é minha DEUSA) e ver sua opinião, alias o que você achou?!

    Bom Amar em linhas gerais, OBRIGADA... Obrigada por ser esta metamorfose ambulante! E não ter aquela velha opinião formada sobre tudo!

    Saiba que estou muito Feliz!

    Obrigada.

    Beijos carinhosos Hadara Nur

    ResponderExcluir
  3. Olha, realmente te expressaste bem ao dizer que ela parece ouvir Enta Omri desde o nascimento dela, esse vídeo que tu postaste exemplifica perfeitamente o que disseste. Amei essa apresentação, melhor vídeo que eu já vi dela! É um bálsamo pros olhos quando a gente vê técnica aliada a uma excelente leitura musical e a um visual impecável. A guria é linda!
    Não acho que ela tenha cara de metida... A expressão facial dela é de poderosa! Me passa a impressão de alguém segura e que sabe o que está fazendo. Não acho que ela deva mudar isso, é o jeito dela e não me passa arrogância, as pessoas é que confundem. Tem bailarina que é mais introspectiva e as pessoas também confundem, acham que é metida. O que é mais difícil de acontecer com aquela que é toda sorrisos ou mais meiga e tal, mas esse é o jeito delas, se alguém que não é assim força, aí fica fake, né?

    ResponderExcluir
  4. Olá Amar!! Primeiramente, gostaria de te parabenizar pelo Blog (que sempre acompanho...) e "segundamente" (rs), pelo post!Pela primeira vez me vi OBRIGADA a deixar o meu comentário. Não somente pela Hadara, que é amiga, mas pq é admirável ver pessoas como vc, que conseguem admitir publicamente quando estão erradas ou que mudaram de opinião em relação a uma pessoa. Não tenho contato proximo a vc, mas saiba que aqui tem uma pessoa que admira realmente seu trabalho, sua verdade, suas críticas e sua posição sempre imparcial sobre todos os assuntos....Parabéns!

    Bjos...Carol Koga

    ResponderExcluir
  5. É lindo e incrível ver um trabalho reconhecido.
    Amar, posso te reafirmar, as alunas da Hadara amam não sóa grande mestra Hadara Nur, mas também a Andreza Sacebllo. É um mesclado de sensações e emoções que vem da alma quando se vê ela dançando.
    Quando estava procurando uma professora, parei e pensei: ´´Qual professora alavanca suas alunas, tá do lado sempre, dá suporte, acompanha e quer ver vc brilhar?´´ Pra ser sincera, SÃO POUCAS!
    Mas vendo o trabalho da Hadara, ví que ela não disputa holofotes e sim os divide com suas alunas, o que para nós é uma honra que não tem nem como agradecer.
    É uma bailarina que merece nosso respeito! Posso arriscar em dizer que HADARA NUR não passa e não passará DESAPERCEBIDA na história da Dança do Ventre.
    Sou totalmente grata por tudo o que ela fez e faz por mim!
    Por isso o que me resta é trazer muita alegria e títulos para essa prof. tão querida!!!
    Adorei seu blog, Amar!
    Beijinhos

    Mayra Mello

    ResponderExcluir
  6. Amar, gostaria que todos soubessem da pessoa maravilhosa que é Andreza Scabello (Hadara Nur).
    Uma menina meiga, carinhosa e verdadeira. E que quando entra em cena como Hadara vira aquele mulherão que chama atenção de todos com a beleza e técnica de sua dança.
    Nunca vou me esquecer das palavras de apoio, que fizeram toda a diferença nas minhas decisões, tanto na vida pessoal como na dança.
    Como professora sempre acreditou no meu potencial e fazia com que me supreendesse com os passsos que aprendia.
    Sortuda a aluna que tem como professora a dedicada Hadara Nur, que sabe ensinar a arte da dança do ventre e dançar maravilhosamente bem.
    E feliz sou eu de ter tido a oportunidade de ser sua aluna e ganhar sua amizade.

    Parabéns pelo blog!!!!

    Beijos

    Dilliane Marinho

    ResponderExcluir
  7. Amar,

    Conheci seu blog hoje através do email da Hadara e amei. Como jornalista e bailarina acho que vc está de parabéns!

    Adorei seu post sobre a Hadara, que acho uma das melhores bailarinas do cenário nacional. Fiz algumas aulas com ela, mas acho que estou mais na posição de amiga. Eu a conheço há bastaaante tempo, e posso afirmar que, quem a conhece um pouco melhor, sabe da simpatia e da humildade que ela tem.
    Além disso, sem comentários pra dança dela - que concordo com vc, está cada dia melhor e mais original!!!

    Vou acompanhar suas postagens de pertinho agora!!

    Beijos,
    Patrícia Saad

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Bom...eu ainda não sou aluna da Hadara mas quem sabe um dia né ?!!!
    Tbém adoro o trabalho dela tanto como bailarina qto como professora. Desde sempre incentivando suas alunas e criando grandes talentos.
    Para mim realmente é uma bailarina que não passara desapercebida e o post já disse tudo né? impecável na técnica, figurino e sem dizer que é linda.
    Lembro qdo a assiti em uma apresentação da Noite da conquista da Luxor....meu deus qdo a vi fiquei pasma achando essa menina é maravilhosa!!!!!! e hj ela ainda consegue ser 1000 vezes melhor que naquela apresentação que assisti.
    Tbém sou sua fã !!!
    bjs
    Ana Claudia

    ResponderExcluir
  11. Olá meninas!!

    Acredito piamente que a dança é uma arte viva, e quando nos deixamos levar por "opiniões imutáveis" acabamos por "emburrecer" na dança e na vida. Não que eu já não tenha passado pelo período das "verdades imutáveis", mas a maturidade está me ensinando a mandar as favas a opinião dos outros quando eu mesma mudo de opinião.

    Hadara,
    Que bom que você gostou. O que eu achei mais bacana foi ver que você indicava o blog pras suas alunas mesmo cheio de críticas a você, putz, fiquei mais admirada ainda. Parabéns pelo desprendimento.

    Legal também foi saber que a crítica à final do amador de 2008 rendeu um crescimento à Beatriz ao fazer aulas com a Lulu - o que eu tomei de pedrada via e-mail por causa daquele tópico foi brincadeira!!!

    Todas as meninas que gostaram, muito, muito obrigada! Continuem visitando nosso cantinho sempre!

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. A-D-O-R-E-I O POST!!! Todo o dia, sem exceção, dou uma passada no blog pra ver as novidades, nem sempre deixo comentários, mas adoro ver as coisas que a Amar escreve, pois são super inteligentes e nos faz pensar nas coisas. Sou super fã da Hadara Nur, e achei este post muito bem feito e justo, pois realmente não há o que falar da dança dessa maravilhosa bailarina, principalmente dançando Inta Omri (que não é pra qualquer uma hein...rs) Parabéns para a Hadara, como para a Amar, que sempre soube escolher tópicos inteligentes e nos colocar sempre por dentro das novidades, e nos mostrar o que tem de melhor no mundo da dança árabe!!!

    ResponderExcluir
  13. OI Amar,pela primeira vez deixo um recadinho pra vc!
    Sempre leio seu blog,ja eh um vicio entrar na net e dah uma passadinha por aqui e pelo tempo q venho acompanhando seu blog o post sobre a Hadara Nur foi uma surpresa pra mim sabendo suas criticas em relacao a danca da bailarina,fiquei muito feliz pq sou fa dela!rs nao pude deixar de comentar!~
    Amar,escrevo de longe moro no Japao!quero dizer q seu blog eh muito legal me ajuda muito no mundo da danca do ventre,me faz sentir q a distancia nao conta!!parabens!! quem sabe um dia eu possa te conhecer!
    abracos!!

    ResponderExcluir
  14. Monah!!!

    Mulher vc está bem melhor do que eu: no Japão, comendo sushi da melhor qualidade, tendo acesso a todos os melhores releases do Bon Jovi e comprando maquiagem baratim.

    "Ô leva eu, leva também o meu amô..."

    Quero muito promover um encontrim do Amar el Binnaz para abraçar e beijar todas as tchucas leitoras. Quem sabe em 2011?

    Beijos

    ResponderExcluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...