08 julho 2010

10

A mais cativante das clássicas: Enta Omri


O nosso bom e velho Dicionário Aurélio define "Cativar" da seguinte forma:

v.t. Tornar cativo; prender, acorrentar.


Ganhar a simpatia, atrair, seduzir.

V.pr. Tornar-se cativo, perder a liberdade; enamorar-se.
 
Eu sempre quis decifrar qual é o tipo de fascínio que a música "Enta Omri" exerce sobre as bailarinas e estudantes de dança, finalmente entendi: ela é CATIVANTE! Todos os verbos e substantivos descritos no dicionário cabem muito bem para esta música:
 
1. Ao entrar no palco ela não é nossa, nós é que somos dela, nosso corpo é o instrumento da mágica que ela exerce;
2. É impossível ouví-la totalmente isenta - ela tem um quê que te faz buscar aquele sentimento escondidinho no mais profundo da sua alma, e, com certeza você se pega pensando: "Puxa, quero dançar esta música (AGAIN)"
3. É a grande paixão de muitas bailarinas, sejam amadoras, profissionais, alunas, professoras, apreciadoras de dança ou somente da música.
 
Vou colocar aqui algumas apresentações que me marcaram de Enta Omri, e minha impressão sobre elas:
   
Shahar Badri
 


Quando eu comecei a estudar dança, minha professora dizia que para dançar Om Kaulthoum tinha todo um ritual, e que, inclusive, nem se poderia dançar com o ventre descoberto (OH MY GOD!!!). Acreditem, era isso que eu ouvia em sala de aula. Daí eu assisti essa apresentação de Shahar e toda a proeminência de sua personalidade, quase uma libanesa dançando!! Uma apresentação de gala, muito emocionante, e, graças a Shahar comecei a questionar as "verdades universais" ditas em sala de aula, ehehhe...


Luana Mello



Tudo bem vai... tia Lú dispensa apresentações extras. Mas por que esta apresentação é uma grande ferramenta de estudo? Porque o público que a estava assistindo não esperava ver um show de dança do ventre, nem de dança árabe, nem de nada disso. Porque o público que a estava assistindo não tinha o compromisso de agradá-la com sua presença - o público era pagante, saía de casa à meia noite para assistí-la e queria o melhor. Além disso o espaço de dança pelo que entendi era bem pequeno. Então o que dava pra fazer? Leitura musical e sentimento. SÓ e TUDO ISSO. Mais ainda: misturado a giros bem jazz e clássico. Lindíssima apresentação. Isso tudo sem contar os cílios postiços BAPHONICOS. Ahahha...

Marcos Ghazalla



Lembram da obsessão da tia por leveza e fluidez? Então, é tudo isso que estudo nessa apresentação do Marcos Ghazalla. Se eu não visse a sombrinha de luz sobre o palco eu teria certeza de que ele estava flutuando.  Uma das coisas muito legais é que nas partes em que a música fica mais lenta, a impressão que me dá é que ele está fazendo uma reverência... realmente, uma apresentação que eu chamaria de poética.

Hadara Nur



Quem me conhece mais intimamente sabe que eu não gosto da Hadara. Não gosto da idolatria que a cerca (vide gritinhos de Linda, gostosa, cherosa no começo da apresentação) desde a "era das grandes Mestras" da Luxor, e que é alimentada ainda hoje, e não gosto MUITO MESMO da expressão dela, que parece dizer "putz, sou a bailarina mais phoda do planeta".

Mas essa apresentação de Enta Omri derrubou todas as minhas antipatias "pré-existentes". A leitura musical é impecável, eu chegaria a dizer perfeita, braços e pernas alongados "por demais", e mesmo adquirindo "mais velocidade" no final da música, não perdeu em qualidade técnica e presença cênica. Uma apresentação maravilhosa.

E vocês, o que tem para me contar dessa preciosidade que é Enta Omri?

Grande beijo

10 comentários:

  1. Eu amo essa música! Em especial essa versão do Hossam Ramzy que a Luana dança lindamente no vídeo eu tenho escutado todo dia praticamente. Ela matou a pau na leitura musical!

    ResponderExcluir
  2. Realmente, esse é a palavra, CATIVANTE...

    Ainda não montei uma coreografia nela... É aquele amor platonico... Vou esperar um momento especial a altura da musica pra dançar...

    Não puxando o saco, eu AMO a interpretaçaõ da minha professora nessa musica...

    Ve ai Verinha, o que vc acha?
    http://www.youtube.com/watch?v=W-hNsUkpzhA

    ResponderExcluir
  3. Baby, eu adoro essa dança da Lú, da Shahar e do Marquinhos.
    Eu ainda não tive coragem de dançar Enta Omri, mas meu dia há de chegar!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelos vídeos postados, muito bons, tanto pra estudo quanto apenas pra assistir uma boa dança!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá Amar tudo bem!

    É a PRIMEIRA VEZ que faço um comentário aqui no seu blog.
    Obrigada pelo post e pelo comentário.

    Sempre estou vendo suas atualizações e gosto muito dos seus temas aqui citados.

    Fico feliz pelas palavras, vindo assim de uma pessoa extremamente critica a respeito da Dança e que ELEVA assim (graças a Deus) o nível da Dança do Ventre, pelo mundo afora. Partindo de opiniões e preceitos muito bem pré-estabelecidos!

    Obrigada mais uma vez!
    Espero um dia podermos conversar pessoalmente e trocar inúmeras idéias a respeito de nossa tão AMADA ... Dançado Ventre.

    Beijos Hadara Nur

    ResponderExcluir
  6. Oi Hadara, que legal ver você aqui no nosso cantinho.

    Espero que não tenha entendido mal meu comentário, gosto é gosto, e cada um tem sua opinião individual, certo?

    Meu objetivo aqui, também é de certa forma, abrir os olhos das leitoras para não desprezar a qualidade só porque não gosta do que já viu da bailarina anteriormente, afinal, a nossa arte é vida, e está em constante transformação, assim como nossa dança e também nossas opiniões.

    Espero também poder conhecê-la pessoalmente, mas tem que prometer que não vai torcer o nariz, ahahah...

    ResponderExcluir
  7. Oi Amar, de jeito maneira interpretei mal, como já dizia a “Vovó” é difícil agradar gregos e troianos ... Mas eu não fico chateada não, alias as críticas são necessárias, ao meu ver, para podermos ver o que devemos mudar, o que eu não esta bom ... E assim por diante.

    Não sou o tipo de bailarina que tem o Rei na BARRIGA, de jeito nenhum e longe de mim, sempre estou estudando e tentando melhorar, pois a perfeição é uma busca INTERMINAVÉL... E sei que estou bem longe dela, (risos) Por isso gosto de ler os tópicos e absorver ao máximo as opiniões alheias...

    Alias, com relação a minha INTERPRETAÇÃO vou tentar mudar ao máximo “JUROOOOO” ... Vou filmar e vou te mostrar depois, se você permitir... Mas não é por mal, pode acreditar...

    Com relação à parte da transformação, ainda bem que nós nos transformamos e mudamos, senão ficaríamos estagnadas para sempre, na mesma mesmice sem nada novo ou diferente, concordo plenamente com suas palavras!

    Vamos nos conhecer sim, alias você esta CONVIDADA a vir conhecer o meu espaço, para trocarmos uma idéia, mas ÓÓÓ não vale torcer o NARIZ hein?!

    Hahaha, Brincadeira ...

    Beijos

    Hadara

    ResponderExcluir
  8. Olá Amar,

    nossa, adorei as análises feitas por você nesses vídeos de Inta Omri, realmente, são as melhores apresentações dessa música maravilhosa que eu já vi!

    Cada vídeo tem um estilo diferente, mas cada um respeitando tanto a música quanto as marcações, e reconheço, que ainda não tive coragem de dançar Inta Omri, por isso, respeito e tiro o chapéu para essas profissionais.

    Mais uma vez, parabéns, pois até mesmo nas críticas, houve ética, e assim foi possível trazer informação a todas nós que buscamos sempre o conhecimento na dança do ventre.

    ResponderExcluir
  9. Ah eu amo a Enta Omri, que musica bela, e emocionante.
    Amei a interpretação de HADARA NUR, ela é simplesmente maravilhosa e neste video esta perfeita.Sou suspeita de falar porque sou fã numero 1 dela, pra mim uma das melhores bailarinas.Ela tem carisma, emoção, delicadeza......

    ResponderExcluir
  10. Amo dança do ventre!Uma dança que me faz relaxar e esquecer os problemas. E o vídeo que mais me chamou a atenção foi o da nossa querida Hadara Nur.Simplesmente divino! O que mais me atrai nesta bailarina é seu jeito simple de mostrar o quanto ama a dança, passa num simples movimento,um gesto de amor,pureza, felicidade, tranqüilidade, leveza isso é o que sinto vendo este vídeo.
    Hadara vc é única...por ser essa pessoa simples e maravilhosa de alma e coração, Deus já lhe tornou perfeita.
    Te adoro...Bruna

    ResponderExcluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...