20 julho 2010

3

Celebridades ?!? Em dança do ventre?!?


Olá habibas!!

Lembram do filme "O Diabo veste Prada". Meryl Streep na pele da editora chefe da revista Runway, Miranda Priestly, diabólica, porém DIVA! Em uma cena do filme, ela diz à assistente no telefone: "Confirme minha presença na festa do Marc Jacobs (ô leva eu, leva também o meu amooo), diga ao motorista para me deixar às 21:30 e peça para ele me pegar às 21:45 em PONTO! Awesome!
Na última cena do filme ela lança a célebre frase "Everybody wants to be us" e sai do carro totalmente cercada de paparazzis, sorrindo poderosa!

Tentei transportar a cena para a dança do ventre e pensei: quem do nosso meio pode se julgar poderosa a ponto de se sentir celebridade?

Isso me levou em pensamentos ao ano de 2004. Show da Soraia Zaied no The Red com desfile da saudosa Tia Ceci. Isso após ANOS dançando no Egito, o público brasileiro acostumado a boa dança simplesmente minguado de saudade dela. Verinha ainda era um bebê engatinhando na dança do ventre, mas já conhecia titia Soraia muito bem. Saí do trabalho na Santa Ifigênia, peguei um ônibus até a Vila (Olimpia ou Madalena?), cheguei bem bonita, uma das primeiras da fila. Isso mesmo: havia FILA na porta do local. Fiquei mais ou menos uma hora e meia na fila.

O The Red era um clube minúsculo, e o convite era R$ 40,00 naquela época. Eu jurava que ia pouca gente. LEDO ENGANO!!! A fila foi crescendo, mas fiquei tranquila, afinal eu era uma das primeiras, havia chegado cedo, certamente eu iria me sentar tranquila.

Quando entrei no clube, estava simplesmente LOTADO já com todas as bailarinas da Casa de Chá lá dentro, bem bonitas fumando seu arguile. Não havia lugares para sentar. Estávamos eu e duas amigas tentando achar um lugarzinho para se encostar, quando entra a Aziza-mor no clube e as meninas da Casa de Chá fazem o maior furdunço pra ela ir se sentar com elas, gritando e o cacete. Meu, NUNCA vou me esquecer desse dia, aliás, não me esqueço nem da roupa da Aziza, que era branca com flores amarelas! A risadinha da Nevenka e da Nar quando nos olhava lá em pé feito umas idiotas era absurdamente irritante. Como eu fiquei PUTA DA VIDA!!!!

Por que? Por que haviam aberto os portões pra elas antes do horário se eu havia pago o mesmo valor pra entrar na casa? Ah, sim, porque em dança do ventre, as tais bailarinas da Casa de Chá são celebridades!

Outro dia conversando com duas amigas queridas, fiquei sabendo da história de uma Uber bailarina que foi a um evento, ficou 5 minutinhos e saiu. Provavelmente entrou convidada pela organizadora, não foi lá nem dar um oi, nem um abraço, nem agradeceu, nada. Entrou e saiu, "como quem rouba" como diria meu velho pai (que Deus o tenha no Sheraton Dubai do céu).

Peraí gente!!! Saindo do meio de dança do ventre, quem são essas pessoas?

Perguntei para um colega de trabalho que é de uma tradicional família árabe que sempre contrata meninas para dançar nas festas familiares quem era Lulu Sabongi, ele olhou pra minha cara e disse "Quem? Não, não sei nem o nome". Ah, faz um esforcim vai!!! "Lulu... não.... é difícil, a gente sempre contrata umas moças, mas não lembro o nome não".

Manter a humildade não é apenas uma questão moral - é cair na realidade também. Porque você pode ser a ultra fodástica naquele festival de dança do ventre - se você for dançar num festival de dança "genérico", você será só mais uma. E aí? Vai entrar e sair, como fez a bailarina?

Não habibas... O sol brilha de forma igual pra todo mundo. Ainda bem.

3 comentários:

  1. Essa cena do clube que vc descreveu me causou repulsa.
    Um bocadinho de humildade pra essas meninas. Pé no chão, please.

    ResponderExcluir
  2. Ah, mais o que mais tem é gente na DV querendo ser famosa, se achando a celebridade mesmo...

    Mas o pior é que, se algumas se acham celbridades é porque tem as puxa-saco que ficam tratando determinadas bailarinas como ídolas, mestras, celebridade etc...

    Olha uma coisa eu te falo, depois que encontrei um MESTRE de verdade na minha vida, o Carlos [tai chi chuan/medicina chinesa] nunca mais consegui ver ninguém na DV como mestra de verdade.

    Vejo como bailarinas experientes, boas em muitos aspectos.

    Quando você encontra uma mestre de verdade mesmo, o resto parece falso... pura purpurina.

    ResponderExcluir
  3. Abram alas pras sub-sub-sub-sub-suuub-celebridades da DV. Muita maquiagem, pouca roupa e cabeça vazia.
    Fón pra elas.
    Acho que essa arrogância toda surge porque elas bem sabem que, bailarina vip surge todo dia e que, em breve, elas estarão no limbo, ultrapassadas. O terrível é que elas pioram a própria situação.
    Pena.

    beijoka!

    ResponderExcluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...