13 setembro 2009

6

Divas da Terra Brasilis: Juli


Olá habibas...

Não sei se acontece com vocês, mas há bailarinas que eu amo alguns dias do ano, odeio em outros, mas não posso deixar de estudar nem por um dia sequer. Esse é o caso da Juli.

Juli é uma bailarina da casa de chá, é linda de viver, e embora eu não conheça pessoalmente, a galera que conhece diz que ela é super simpática. Conheço algumas de suas alunas que são completamente APAIXONADAS por ela como professora. Carisma em sala de aula pra mim é um diferencial gente, não tem jeito. Quando não existe empatia entre aluna e professora é um SACO. Acreditem...

O que eu AMO na Juli? Sua postura. Às vezes penso que ela até dorme daquele jeito, toda alongada. Não houve ainda uma apresentação da Juli que eu assista em que ela está com os braços "preguiçosos", com o tronco curvado, com as pernas desajeitadas. Acredito que ela tenha formação em ballet e, claro, isso faz uma grande diferença na composição coreográfica.

O que eu ODEIO na Juli? A expressão. Seja no palco, seja no chão, em qualquer lugar, ela assume uma expressão sensual que, às vezes, se sobrepõe à dança. Pode avaliar em qualquer vídeo: olhar lânguido e boca entreaberta a DANÇA INTEIRA. Pouca ou nenhuma interação com o público, outro ponto que, na minha opinião é negativo.
(Vocês já devem ter reparado que a minha "grande matéria" em relação a bailarinas é expressão, mas não consigo me corrigir neste ponto, reparo mesmo...)

Mas como eu disse, não dá pra ficar sem estudar a Juli, nem por um dia sequer. Por que?
- Porque ela possui uma leitura musical ímpar. Ao vê-la dançar parece que ela "faz" a música, muito bacana,
- Porque ela utiliza passos simples, porém ao combiná-los, faz a mágica de tudo parecer inatingível,
- Porque o arabesque dela é altíssimo. Um dia eu chego lá.
- Porque ela sempre tem soluções bacanas para os braços,
- E para finalizar, porque ela sempre faz os movimentos sempre pequenininhos e delicados.

Agora, dica da tia: não feche seus olhos para o que você não gosta. É uma atitude pouco inteligente. Sempre há algo de bom em qualquer apresentação. Se você já classificou a tal bailarina "ah, não gosto, não vou assistir", pode estar perdendo a oportunidade de estudar o que ela tem de melhor, e isso pode até virar um diferencial em sua própria dança.

Besitos!!!







6 comentários:

  1. Flor, dou valor a pessoas como vc que não fecham a cara pra o que não gostam sempre. Ainda não cheguei nesse grau de evolução. A Juli pra mim não dá. Quem sabe numa próxima encarnação?

    ResponderExcluir
  2. Até onde eu sei, ela não tem formação em ballet clássico, mas é uma bailarina absurdamente dedicada. Ela está em uma fase muito criativa.

    Engraçado não acho que os movimentos dela sejam pequenos, ou sempre suaves, acho que são propporcionais ao corpo dela.

    Sobre a sensualidade, algumas bailarinas são mais sensuais, outras não. Assim como o perfil animadora de festa não combina com todas.

    ResponderExcluir
  3. Oi Lory!

    Tenta fofa vai... você certamente achará algo que te agrade!

    Oi Juli!

    Existe uma graaaande diferença entre "interagir com o público" e dançar como "animadora de torcida". Dá para ser delicada sim e interagir com o público através do sorriso, do olhar, de uma brincadeirinha... tudo isso sem exagerar. Minha observação na dança da Juli é que ela NUNCA faz isso, muito difícil.

    Eu já fiz outro post sobre sensualidade aqui, e não acho a Juli tãaaao sensual assim. Ela tem um corpão e talz, mas isso não chama mais a atenção do que a dança. Mas o olhar lânguido e a boquinha entreaberta faz parecer que é meio "entrar no céu a força". Tipo "quero ser sensual, quero ser sensual...".

    Beijo e obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  4. Oii!

    Ah eu adoro a Juli. Como você mesma disse a leitura musical dela é perfeita e ela tem uma postura excelente.

    Beeijos!

    ResponderExcluir
  5. eu tive aula particular com ela, fiz workshop e assino em baixo: ela é ótima e super simpática! tem uma didática incrível e foi com ela que aprendi a coreografar. sério! ela lê a música de maneira única! eu indico fazer ao menos uma aula particular com ela, ela lista os pontos positivos e a melhorar e tem uma paciência!! é isso aí, ela merece ser citada, é uma grande bailarina!

    ResponderExcluir
  6. Adorei a dica para 'não fechar os olhos àquilo que a gente não gosta'.

    Aliás vou iniciar uma campanha 'mantenha a mente aberta, abaixo ao pré-conceito' dentro da DV....rs...

    adorei o post.

    beijocas

    ResponderExcluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...