30 julho 2009

3

Domínio Público - Ministério da Educação


******* Mais um serviço de utilidade pública **********


Recebi este e-mail hoje e achei importantíssima a divulgação. Gostaria de convidar outras colegas blogueiras também a participar dessa corrente de divulgação, afinal, este site do governo é um dos poucos dos quais a populaçào pode se beneficiar!!


ISSO A REDE GLOBO NÃO DIVULGA NUNCA!


Uma bela biblioteca digital, desenvolvida em software livre, mas que está prestes a ser desativada por falta de acessos.


Imagine um lugar onde você pode gratuitamente:

· Ver as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci ;

· Escutar músicas em MP3 de alta qualidade;

· Ler obras de Machado de Assis ou a Divina Comédia;

· Ter acesso às melhores historinhas infantis e vídeos da TV ESCOLA

· e muito mais....


Esse lugar existe!


O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso,basta acessar o site: www.dominiopublico.gov.br


Só de literatura portuguesa são 732 obras! Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o projeto por desuso, já que o número de acesso é muito pequeno. Vamos tentar reverter esta situação, divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do gosto pela leitura.


Divulgue para o máximo de pessoas!


É MELHOR FAZER PROPAGANDA DOS BBBs E DAS NOVELAS, POIS, O POVO ASSISTE E FICA BURRO, E ASSIM É MAIS FÁCIL DE SER ENGANADO!

27 julho 2009

1

Maquiagem drag!!!

Olá habibas,

No meu outro blog - Para assistir e aprender - postei alguns vídeos de uma drag (ou melhor, beeeeeeeeeecha looooooosho) super úteis para maquiagem de palco: um turquesa e grafite, e outro amarelo e preto, muito diferente!!!

Dão uma passadinha lá:


Beijins

Tenham uma ótima semana.

24 julho 2009

4

Utilidade pública parte II – Desconto de Recebíveis: será?


Olá galera!!!

Então, geeeemtchi... tô arrasada. Um post interessantíssimo e poucos comentários. Mas promessa é dívida (não com o cartão de crédito, claro...), então, aí vai:

Hoje quando vamos nos matricular em grandes escolas, ou com algumas professoras, nos é oferecido um “pacote”, que pode variar entre trimestral, semestral e anual. Em geral, quem contrata o pacote de aulas pago menos do que se fosse pagar a mensalidade individualmente, e, teoricamente tem a tranqüilidade de não se preocupar com dinheiro naquele período.

Como aluna? DE-TES-TO. Eu tenho uma boa experiência nisso: comecei com um contrato trimestral, e depois adquiri o pacote anual. Em primeiro lugar porque A QUALQUER MOMENTO pode te dar uma “dor de barriga” e vc precisar abrir mão das aulas de dança para equilibrar as contas. Acontece com todo mundo gente, não vamos nos enganar, né?

Além do mais, sua química com a professora pode acabar também... acontece? Ô. Pode acontecer super de você estar insatisfeita com as aulas e, após várias tentativas de conversa sem sucesso com a professora, querer sair... mas aí vem o outro lado da moeda.


Existe hoje um produto bancário que é considerado por muitas professoras a salvação da lavoura: o Desconto de Recebíveis. Pra quem não conhece a expressão, explico: as professoras ou escolas que acolhem pagamento em cheque ou em cartão de crédito solicitam ao Banco o “desconto” desses recebíveis. Nada mais é que uma troca, vc troca os cheques ou orpags com o Banco, que cobra uma taxa para cada operação de desconto. Assim sendo o Banco fica responsável pelo recebimento dos pagamentos e, se houver inadimplência, 3 dias úteis depois debita o valor da professora que fez o desconto. É isso.

Pode parecer uma ótima a olho nu, mas não é. Quer ver por que?

Desconto não é capital de giro: trocou os cheques de três meses de aula amiga? Hasta la vista. Dinheiro na mão é vendaval, e se você não tomou o cuidado de reservar uma parte para pagar as contas do mês que vem, PERDEU PLAYBOY!!! Já pensou que o mês que vem você só vai receber das alunas que pagam “em dinheiro”? Se a maioria das suas alunas paga em dinheiro, beleza, problema nenhum pra você. Mas se a maioria paga em cheque, você terá um pequeno rombinho para cobrir em curto prazo, ou terá que “captar” novas alunas, que paguem em dinheiro para cobrir. Se você fizer um esforço para conseguir novas alunas, e estas pagarem em cheque, e você trocar de novo no banco, teremos aqui uma situação bem difícil de resolver a curto prazo... virou bola de neve mesmo.

Não confie em contratos de gaveta: o código de defesa do consumidor defende que o consumidor pode desistir da compra até 30 dias após a aquisição do produto ou após a finalização do serviço. PONTO. É uma lei e está acima de instrumentos particulares. Então se você descontou os cheques de sua aluna dos próximos três meses e amanhã ela disser que não quer mais ter aulas, você é OBRIGADA pela LEI a devolver os cheques ou o dinheiro na data em que os cheques compensarem. Qualquer contrato de gaveta é facilmente dissolvido juridicamente quando existe uma lei que regulamenta as relações entre fornecedor-consumidor, no nosso caso, professora-aluna.

Confie no seu taco, mas domine suas contas. Se você é linda, maravilhosa, carismática e todo dia 100 alunas batem a sua porta, e você pode trocar cheques a vontade porque sempre tem gente nova para cobrir os pequenos rombos, que Lindo....

Mas quem é rélis mortal como eu sabe como é DIFÍCIL trazer a aluna para a sala de aula e torná-la fiel. Conseguir novas alunas com o mercado de dança do jeito que está é matar um leão por dia messssmoooo... Recadim: Controle suas contas, não queira fazer os 1334365467 workshops que são oferecidos por aí, comprar todas as roupas, todas as maquiagens e tudo o mais confiando em dinheiro descontado que NÃO ROLA.

Bom, espero ter ajudado a todas, e um ótimo final de semana.

21 julho 2009

5

Movimentação Bancária para Bailarinas


Olá habibas do meu coração. Eu já disse que amo vcs hoje?

Hoje resolvi escrever sobre um serviço de utilidade pública: movimentação financeira para bailarinas. Abrir uma conta corrente. Eu sei que esta é uma questão delicada para as profissionais que escolheram viver de dança porque, pelo fato de não existir um vínculo empregatício, em muitos bancos é muito difícil ou quase impossível abrir uma conta corrente, pegar um talão de cheque ou conseguir um cartão de crédito.

Existe luz no fim do túnel? Existe, claro, sempre. Hoje vou falar sério e colocar meus 10 anos de experiência na área para ajudá-las.

Em primeiro lugar: “Só queira quem quer você”. Ou seja, pára de se matar para abrir uma conta em um banco que faz 1 milhão de exigências (eu ia citar nomes, mas desisti) só porque você acha que lá tem poucos clientes e que o atendimento será personalizado. Nem sempre nega. Vá ao banco que faz menos exigências para abertura da conta, porque, afinal, você quer apenas uma porta de entrada. Qual perfil de cliente você será quando já estiver lá dentro são outros quinhentos.

Segundo: uma vez que você conseguiu abrir a conta, tenha uma conversa franca com seu gerente. Diga que você é bailarina e professora, e que seu rendimento mensal é volátil, e que oras você o banco poderá contar com você e oras você precisará desesperadamente do banco. Mas nunca omita nenhuma informação. Nesse ponto eu iria além: convide o gerente a visitar sua academia, ofereça uma aula gratuita, leve um cartão. Você pode até pensar “Pô, mas o gerente vai achar puxa-saquismo, vai pensar isso e aquilo, vai pensar que estou querendo trocar favores, etc..”. O fato é: não deixe o gerente do Banco esquecer de você. Um cartãozinho no porta cartões de um gerente de banco, muitas vezes, vale mais do que 10 anúncios no Jornal Oriente. Sério. Porque a gente está em contato com todo o tipo de gente, que tem todo o tipo de interesse, o tempo todo. De repente um comentário inocente do tipo “Nossa, to querendo fazer algo diferente, aprender Dança do Ventre, sei lá”, e o gerente saca o cartãozinho que vc deu e indica, é um marketing que vc não fez esforço NENHUM para usufruir, tcherto?

Terceiro: NUNCA, digo NUNCA MESMO, coloque o gerente na parede ou mesmo o chame pra briga porque ele disse um não pra você. Simplesmente pergunte qual é o motivo da recusa e tente contra-argumentar com a seguinte colocação: hoje todos os Bancos possuem inúmeros tipos de produtos e serviços para atingir uma gama ainda maior de clientes, certamente outro serviço do banco poderá lhe antender. O que acontece muitas vezes é que achamos que o gerente tem que engolir o conceito do “to pagaaaaanoooo” e fazer todas as suas vontades, porém a realidade tá longe de ser assim.

Quarto: caso você tenha uma colega que já é cliente tradicional em qualquer banco, não tenha vergonha de pedir a ela para apresentá-la ao gerente e intermediar a abertura de sua conta.

Quinto: mantenha um relacionamento de amizade com seu gerente, mas jamais exija dele que faça algo que está fora de sua alçada. Porque nega, muito mais importante do que a amizade dele com você é o emprego dele, na boa. Segurar conta estourada mais do que 3 dias já entra no rol de “estraga a amizade e a reputação”. Caso aconteça uma dor de barriga maior e vc precise desesperadamente do banco (conforme já citei lá no segundo item), NÃO LIGUE. Vá pessoalmente ao banco e seja franca com o gerente e peça a ele para encontrar uma solução junto com você.

Sexto: passe TODOS os seus rendimentos pela conta – cachês, pagamentos de aulas, dinheirinhos extras, venda de roupas, de tudo... passe TUDO pela conta. Porque as “estrelinhas” do seu céu bancário atendem pelo nome de SALDO MÉDIO. Se você movimenta a conta somente para receber depósitos de aulas daquela única aluna sua que usa aquele banco, e depois precisar de um cartão de crédito daquele banco, seu limite vai ser atribuído conforme aquele saldo médio. Daí minha nega, nem dá para parcelar aquela roupa egípcia looooooosho no cartão porque o limite é muito baixo.

Bom, habibas, falei demais né?

Outro dia eu escrevo mais sobre administração financeira para bailarinas, e um assunto que quero muito alertá-las que é sobre “Pacotes de pagamentos que matam o relacionamento aluna-professora”, que atende pelo nome técnico de “Desconto de cheques”.

Beijins e até a próxima.

20 julho 2009

7

A “Deusificação” das artistas: quem ganha com isso?



Olá meninas...

Eu nem fechei a semaninha de make né? Quando chegar em casa, vou baixar as fotos do evento da Alessandra e posto algumas fotos da minha make, prometo! Não foi uma maaaaaaaaaaaaaaaaaake tão legal assim, mas deu pro gasto. E cílios postiços enooooormes que vcs sabem que neste corpo de mulher mora uma Drag Queen LOCA LOCA LOCA!!

Bom, tem um fato que eu gostaria de comentar com vocês aqui no blog, que já faz um tempão que me deixa bolada: a Deusificação das artistas no meio de dança do ventre. O que é deusificação? É uma palavra que eu quis usar (nem sei se existe) para indicar situações em que a bailarina é considerada deusa, um ser superior, fada, essas coisas. É claro que em sala de aula a gente sempre fala “sejam deusas” e coisa e tal, mas ninguém a não ser nós mesmas, nos tratamos assim.

Mas há artistas no meio de dança que são consideradas “Entes iluminados”. Estão acima da condição de meros mortais, e transmitimos ao artista não só admiração pela técnica, mas uma verdadeira veneração desnecessária. E quando há a descoberta de que o artista não passa de “mais um”ser humano, a decepção atinge níveis arrasadores.

Aconteceu com a minha primeira profe de dança: a professora dela era uma das maiores do Brasil (nem adianta que não vou citar nomes). Ela a considerava uma deusa, alguém além da compreensão de meras estudantes de dança. Uma diva. Daí um belo dia a Diva chega pra ela e diz “Acho que vc tem que participar da aula do tal dia da semana”. Esse dia era dedicado às aulas das bailarinas profissionais. A profe ainda perguntou para a tal Diva “Ce tem certeza?”, a outra respondeu, “Claaaaro”.
Bom, para encurtar a história, passaram-se 3 sextas feiras sem a Diva nem notar a presença da profe, nem corrigir movimentos, nem nada. Daí na quarta semana, a Diva com a maior inocência do mundo perguntou: “Mas você não era do avançado?” Daí a profe respondeu “Sim, eu era, vc me mandou pra cá”. Daí a Diva deu o veredicto: “Não, não, nem pensar, pode voltar pra lá, aqui você não se encaixa não.”

Nem preciso falar que a profe saiu da escola, e quase que saiu da dança também, tamanha foi a decepção que ela teve com a tal “Diva”.

Ano passado me embrenhei em uma discussão no orkut com uma grande aqui de Sampa que também é Deusificada. Recebi dezenas de e-mails carinhosos, dizendo “Você é uma recalcada, uma mal-amada, porque a fulana é um ser iluminado, está acima disso e acima de você”. De quem?

Nossa professora tem de ser vista, antes de tudo, como um ser humano. Que ama, odeia, sofre, ri, faz xixi e cocô, acorda com bafo, descabelada, pode algum dia estar mal arrumada e de lenço com bobs na cabeça. Ou seja: uma mulher normal. Que pode estar de bom ou mal humor, dependendo das condições do dia. A relação entre aluna-professora deve conter admiração, claro, mas, acima de tudo, deve ser uma relação de amizade, de parceria, de generosidade, de compreensão. Por que, 1 aluna satisfeita com suas aulas talvez comente com 4 ou 5 coleguinhas. Uma aluna decepcionada com você levará a informação ruim a, no mínimo, 25 pessoas. Você acha que realmente vale a pena ser deusificada?

Além disso, normalmente, as “Deusas” não fazem aulas com ninguém, são auto-suficientes. Não se atualizam nem se reciclam. Resultado? A dança fica limitada e previsível. E, por conseqüência, deixa de ser interessante. Como diria a (essa sim, de verdade) GRANDE Carlla Sillveira: “Não é privilégio de ninguém que não estude”.

Se você trata sua professora, ou a artista que vc mais gosta como um ser humano normal, esse post não é pra você. Mas se vc pensa que sua professora é “Linda, necessária, vitaminada, Deusa, ente iluminado”, essas coisas, é melhor que você volte sua atenção muito mais para o estudo do que para a pessoa.

Grande beijo.

15 julho 2009

2

Dicas de Make dia 3 = Pele


Olá habibas...

Acredito que a pele é o item que requer mais cuidado quando vamos dançar em um festival. Por que? Porque ficamos hoooooooras maquiadas. Eu pessoalmente gosto de fazer a minha make no conforto do meu lar, então como via de regra vou a esses lugares de transporte público (ALÔ ESTACIONAMENTOS: TÁ CARO HEINNNNNNNNNN!!), normalmente fico uma média de 5 a 6 horas maquiada. E se o "reboco" não tá bem feito, começa a cair. MESMO.

Na segunda feira dei as dicas de preparação da pele:

1. Lavar o rosto, bem lavado. Se tiver aquelas esponjinhas vegetais pequenininhas para rosto, são show.
2. Gelinho envolvido na toalha para suavizar a pele e diminuir eventuais inchaços.
3. Tônico e hidratante.

Daí vem a base.

Bom, aí é o problema..................................

Eu pessoalmente nunca consegui encontrar uma base da cor da minha pele. Não tentei as internacionais ainda, quem sabe um dia. O fato é que: ou fica claro demais, rosto de fantasma, ou cara de bronze. Até bem pouco tempo atrás minha realidade era essa. Então eu escolhia ficar com cara de fantasma, que eu acho bem melhor do que ficar com cara bronzeada no palco, HORRÍVEL. Acredito que este não é um problema só meu, porque as marcas que temos disponíveis no Brasil tem normalmente 3 ou 4 tons de base, o que eu acho pouquíssimo dada a diversidade de raças que temos no nosso país.

Graças à Make up Geek Marlena minha vida mudou. Isto porque, no vídeo que vou postar abaixo, ela mistura dois tons de base para chegar a sua cor de pele. AAAAAAAAAAALEEEEEEEEELUIAAAAAAAAAAAA!!! Agora consegui o tom perfeito (no meu caso: Base Natura Diversa cor Bege Médio - 2 "bombadas" e uma bolinha de base Canela do O Boticário).

Eu não ligo muito para a marca da base se a cobertura for decente. Agora, cobertura meia boca é bem difícil de corrigir viu gente! Só com muita fé mesmo.

Uma boa dica quando vc tem aquela base que tá encostadinha porque vc acha a consistência muito grossa é misturar um pouco do seu hidratante (que de preferência tem que ser mais líquido) para dar uma "diluída" na base. O aspecto na pele fica bem mais natural.

Passada a camadinha de base, corrija as olheiras com seu corretivo e tire o brilho do rosto com o pó da sua preferência. Se vc tiver um translúcido, tanto melhor. Um pó com uma tonalidade acima da sua pele pode acabar com o esforço que vc fez para achar a base ideal para sua pele.

Para deixar as gordinhas felizes: Contornando o rosto.
Eu sou gordinha né gente, então, entendo tuuuuuudo de afinar. (E quando não dá com a make, com o Photoshop dá com certeza). Contornar o rosto - vai estar no vídeo abaixo - com um tom mais amarronzado faz bastante diferença na make. Mas nem todo mundo tem um bronzer, ou pó marron para fazer isto. Solução? Sijoga na sombra marrom opaca - eu faço com a sombra Duda Molinos nr. 5. Bate bem de levinho o pincel na sombra, assopra o excesso amiga e VAI. Abaixo das maçãs do rosto, na papada (bastante) e na lateral do nariz.

Blush: Com moderação né gente. Afinal somos bailarinas phynas!! Mas se errou a mão, manda o pó pra cima do blush pra corrigir.

Agora vídeos de preparação de pele pra nóis.



Preparando a pele com base, corretivos e afins....







Contornando o rosto para parecer mais fino...

14 julho 2009

6

Dicas de Make dia 2 = Pincéis


Hello habibas...

Continuando nossa semaninha de makes.

************MENINAS EU VI******************* as novas linhas de maquiagem do Boticário na loja Wal Mart Osasco, e quase consegui comprar um gloss da linha Intense, mas tinha uma vendedora caxias com cara de koooo que no final falou pra menina que tava me atendendo "Mas não pode vender a maquiagem que só vai ser lançada em Setembro". ARRRRRRRRRRR!!!! Não pude levar. Mas posso adiantar que a linha Intense e a linha mineral são tudo de bom. O blush mineral laranja está no rol das cores mais bonitas que eu já vi. Pontinho pras meninas da loja que viram que sou viciada em make e aproveitaram que não tinha ninguém na loja pra me mostrar TUDO. Tô aguada!!!!!!

Bom, momento consumista off, vamos ao que interessa.

Se alguém perguntar pra mim quais são os itens mais importantes de uma make e achar que vou responder "o primer", ou "a base" ou "a qualidade das sombras"... pode acabar se decepcionando. Pra mim o item mais importante da maquiagem são os PINCÉIS. Porque vc pode ter diversos tipos de materiais, de qualidade superior ou inferior, mas se vc tem os pincéis certos, pode extrair o melhor mesmo de uma maquiagem de má qualidade.

Este ano tivemos um boooom na qualidade dos pincéis vendidos aqui no Brasil. Antigamente tínhamos os pincéis do Boticário e da Contém 1g que eram os top de linha, porém o preço seguia a a linha "vale quanto pesa". Caríssimos. Quer dizer, eu acho caro um pincel de base do Boticário custar R$ 39,90 e um pincel duo fiber (qualidade mooooito superior) similar ao 187 da MAC que garante um acabamento bem melhor que o pincel do Boticário custar US $16,00 (aproximadamente R$ 33,00). Fazendo outra comparação, a linha nova de pincéis do Boticário (de excelente qualidade por sinal), com 12 pincéis custa R$ 232,90, uma média de 19,40 por pincel. A linha completa da Sigma Makeup(*) também com 12 pincéis custa US $79,00 - em reais R$ 160,00. Isso dá R$ 13,34 por pincel.

Eu não disse que os pincéis nacionais são caros?

Mas a qualidade da linha Celebrare do Boticário não deve ser ignorada não viu gente. São pincéis de qualidade excelente.

A Avon, também vai lançar uma linha de pincéis na campanha 14. O cabo dos pincéis é igual ao do Boticário, que pra mim são os pincéis da The Body Shop. Deve ser tudo do mesmo fabricante. Porém o pincel de sombra do Avon vai custar aproximadamente R$ 10. Ohhhhhhhhhhhh!!! Há uma luz no fim do túnel creuza da vida da gente.

Bom, mas vc pode me dizer: Tia Verinha, meu orçamento tá curto pra gastar tanto com pincéis. O meu também...

Em lojas especializadas em cosméticos vc encontra a linha da Proart que são pincéis de boa qualidade e preço bem acessível.

O único pincel de farmácia que presta pra mim é o da Marco Boni. Mas não dá nem pra aplicar sombra com ele porque ele é muito grande e muito macio. Dá pra esfumar! E bem!

Tem também o lado creuza da coisa: PINCÉIS TIGRE!

Esse final de semana passei na papelaria da minha sogra e olhei com amor para os pincéis Tigre da linha PINCTORE. Peguei alguns, lavei com shampoo e condicionador (sim, porque as cerdas dos pincéis de pintura são bem duras), esperei secar e mandei pra cima da paleta. Gemmmmtchi. Funciona!!

A dica é esta: se vc quer usar pincéis tigre para aplicar make, lembre-se de observar a densidade do pincel, a maciez das cerdas e o formato (chato, fino, domo, etc). Se vc quer "sijogar" na creuzisse, manda ver. Mas ao chegar em casa dá uma BOA LAVADA nos pincéis com shampoo. Depois, passe um pouquinho de condicionador ou creme para pentear nas cerdas (e somente nelas) e deixe agir como se fosse cabelo mesmo, uns minutinhos. Depois enxague e espere secar.
Dá pra ter uns pincéis bacanas pra aplicar maquiagem, sem gastar muito.

Neste vídeo, a Viiixen está usando pincéis tigre, dão uma chegada lá:

http://www.youtube.com/watch?v=_VDGA--YQoo

Mais vídeos de make pra nóis!!!









(*) Sigma Makeup é uma linha de pincéis desenvolvida pela Simone, brasileira que mora nos Estados Unidos, e tem por "inspiração" os pincéis da MAC. Há quem diga, inclusive, que alguns de seus pincéis são melhores do que os pincéis da MAC, de forma que vale muito a pena conferir.

13 julho 2009

3

Semana de festival = dicas de make!!!!


Olá habibas...

Bom, no próximo domingo teremos o festival da Alessandra Roncoleta (fofuríssima: beijo Alê), e minhas habibas orgulho da titia vão dançar. Pra quem não tá ligado no movimento, tá aqui o banner do evento:


Assim sendo, esta semana vamos falar de make.

Nas últimas semanas tenho pesquisado bastante sobre produtos BB para compor uma make digna. Não é fácil não viu habibas, porque brasileiro sabe fazer bunda direitim, mas maquiagem... xiiiiii... tá difícil. Vamos lá:

- A primeira dúvida das habibas em sala de aula é em relação ao tal "primer". Como o nome já diz, o primer é o primeiro produto a ser colocado na pele ou nos olhos, e tem o objetivo de suavizar a pele e potencializar a pigmentação. O único primer para rosto do mercado é o da Contém 1g (até a campanha 14 do Avon, que vai lançar um na sua linha também, e vai custar a metade do preço do da Contém), que se chama "Fluido matificante". É bom sim viu gente. Mas o precim... pagar R$ 78,00 é preciso coraaaaaaaageeeeeee!! Eu prefiro abrir uma brechinha no meu falecido cartão de crédito e pagar US $20 (aproximadamente R$ 42,00) no Pore Minimizer da Clinique que é moooooooito melhor. Vamos ver o da Avon né!!!

Enquanto vc não tem seu primer ainda, o lance é: lave beeeem o rosto antes de fazer a maquiagem, use um gelo envolto em uma toalhinha e passe no rosto para suavizar os poros e diminuir os inchaços da pele (dica campeã pra quem vai dançar na parte da manhã - funciona mesmo), use um tônico da sua preferência e em seguida hidrate a pele. Já vai dar uma boooooa melhorada no aspecto da sua make.

Primer para sombras é um item bacana na make também, mas dá pra improvisar com outros produtos. O corretivo líquido (EU DISSE LÍQUIDO) é uma boa opção. Por que o líquido Tia Verinha? Por que o cremoso acumula na pálpebra. Simples assim. Se vc tiver um corretivo líquido, ou mesmo uma base líquida que tá aí na sua maleta encostada, se joga amiga. Só não esquece de espalhar bem para não acumular nas dobrinhas, ok?

Até amanhã com o capítulo - pincéis Tigre: salve sua make e seu bolso!!!

E videozinho pra nóis:





07 julho 2009

4

Eu sou aquela amante à moda antiga... do tipo que ainda manda flores...

Ardhnarishwara, a imagem andrógina da união de Shiva e Parvati, que ilustra a união perfeita entre um homem e uma mulher.

Olá habibas.

Quero agradecer a todas as mensagens de carinho pro meu amôoooo que está em tratamento, mas graças a Deus, o pior já passou.

Vamos lá, o post néam...

Semana passada, enquanto estava lavando o banheiro (é fofuras, recém casada, sem secretária do lar = buchinha, cândida e sabão para esfregar os azulejos do banheiro, tcherto?), fiquei pensando qual a vantagem da bailarina manter uma aura de deusa o tempo inteiro, cabelos, unhas, maquiagens, tudo impecável... tralalá.

Mas e aí? E a parte da mulher maravilha que mata um leão por dia, que aguenta o bafo (e os peidos) do marido à noite, que leva bronca de chefe tirano, que toma ônibus lotado... Será que vale a pena esconder todos os fatores pequenos do dia a dia que fazem da mulher um ser humano extraordinário?

Fiquei bolada com uma pergunta que criei, vejam só: "Qual seria seu conselho pra uma aluna que foi proibida pelo companheiro de praticar dança?"

Claro que meu lado feminista achou isso um absurdo, e já enumerou 49542313455 respostas que, claro, mandam o peguete tomar um ônibus para Samoa para ser devidamente comido pelos aborígenes canibais. Mas, sejamos verdadeiras e vamos colocar na balança: será que temos conseguido administrar com sabedoria nossa vida pessoal e nossa paixão pela dança?

Vamos pensar: quando vamos progredindo na dança, queremos dançar em todas e quaisquer situações que se forem possíveis. Festival, mostra cultural, festa de aniversário, saraus, etc. Qual é o dia desses eventos mesmo? Ah, sim, sábado e domingo. Se vocês forem como eu, a preparação para um festival no qual vou dançar à tarde começa CEDO DE MANHÃ: unhas, cabelo, maquiagem... Atenção para o bophe? Necas de pitibiriba...

Daí vem os workshops... opa! Esses tem que fazer né Verinha. É, eu acho... Em quais dias? Sábado, domingo, feriados prolongados... Assistir televisão com o bophe? Não vai dar tempo, ora pois, o workshop já vai começar.

Fora os festivais, que nossos bophes acompanham, com orgulho. Será? Ficar um dia inteiro, no som alto, cheio de gente, às vezes em pé, para fazer a amada feliz. Ah, mas o amor, suporta tudo... Também acho habibas. Só que: Deus fez o amor, e o Diabo fez a paciência masculina bem curtim.

Mas... qual é a mensagem Tia Verinha? Simples amores!!!! Administrar o tempo é preciso. Precisa participar de toooooodos os workshops que o povo sai ministrando por aí, tem certeza? Ocupar todos os sábados e domingos da sua vida e para o bophe nada? Jamais, jamais esqueça que "quem não dá assistência, abre a concorrência"....

E fazer a recíproca também ser verdadeira: seu bophe não vai nos festivais te ver linda e maravihosa? Que tal levar um pompom no futebol do sábado para atacar de cheerleader? Ou então jogar um pouquinho de Guitar Hero? Ou assistir ao futebol na tevê de domingo à tarde? Whatever... o nome da ação é PARTICIPAR DA VIDINHA DO GATO TAMBÉM FOFA!!! Antes agora do que depois que o perfume da vizinha for mais interessante que o seu!!!

04 julho 2009

5

Sumida? Não... só sumidinha...

Olá habibas!!!

Semaninha do cão essa que tive, não tive um tempim pra postar nada, embora tenha rascunhado alguma coisa:

- Dança com a cobra - será que os animaizinhos são bem tratados fora de cena?
- A relação relacionamento amoroso x paixão pela dança do ventre
- Tenho alguns workshops legais pra divulgar
- Tenho um smokey eye preto = cinza com fotos, só falta montar o vídeo.

Masssss... meu maridim precisa parir uma pedrinha dos rins. Pense em mim como um ser humano atormentado que vê a pessoa que mais ama sentir uma dor dessas e não poder fazer NADA. Tô assim.

Prometo que na semana que vem posto bastaaaaante, ok?

Beijins
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...