25 junho 2009

5

Luto


Olá habibas.

Hoje meu coração está triste, muito triste. Não sei lidar com a morte, o desaparecimento de uma pessoa. Saber que a genialidade de Michael Jackson não está mais nesta terra, é desolador.
Michael Jackson é um artista que fez parte de TODA A MINHA VIDA, desde minha infância, quando ficávamos assistindo meu irmão Preto imitar os passinhos, dançando Thriller, minha adolescência - adorava estudar inglês com ele, um dos poucos artistas com uma pronúncia muito limpa nas músicas, minha vida adulta - seus tormentos sempre me ajudaram a tentar compreender o que se passa na mente de um ser humano rico e poderoso, porém absurdamente atormentado. Sempre adorei, vou gostar sempre.

Você pode pensar: mas o que raios um blog de Dança do Ventre está falando de Michael Jackson?
É engraçadíssimo... mas o mundo nos mostra semelhanças onde não imaginamos haver.

Michael Jackson é o maior exemplo de que talento aliado a um bom produtor e um marketing pesado em cima é certeza de sucesso. Cantava e dançava como ninguém. Tinha um carisma inigualável.
E que a "vivência no meio" nos perturba de uma forma a nos tentar a mudar nosso pensar, nosso agir e, por que não, nosso corpo?

Michael Jackson já havia vencido o preconceito da mídia. Era um artista negro na primeira página dos jornais e na capa das revistas mais badaladas. Vendia milhões e milhões de discos. Tinha tudo o que o dinheiro podia comprar. Mas não era satisfeito consigo mesmo.

Ao pensar nisso NA HORA me vêm as bailarinas de dança do ventre da atualidade. Algumas não precisam provar nada pra ninguém, já venceram MP, entraram na KK, têm o selo do Omar Naboulsi e são figurinhas carimbadas em TODAS as baladas árabes de SP. Mas estão aí, fazendo cirurgia no nariz, na barriga, tomando bomba, ou não comendo nada... tudo por que? A imagem não satisfaz... eu quero mais, e quero melhor, enfim.

Como não nos lembrarmos de Thriller, Billie Jean, Ben, Black and White, Remember the time, Heal the world, Man in the mirror? Você deixaria de gostar dessas músicas só porque o Michael Jackson ficou inacreditávelmente branco e esquisito? Não. Sua genialidade está acima disso.

Assim como a dança está acima da imagem, sempre.

Mas agora a alma atormentada do cantor, do artista, do gênio finalmente pôde descansar.

Vá em paz Michael!

Jamais esqueceremos de você!




"I´m starting with the man in the mirror,
I´m asking him to change his ways,
And no message could be any clearer,

IF YOU WANNA MAKE THE WORLD A BETTER PLACE
TAKE A LOOK AT YOURSELF AND MAKE A CHANGE!"

5 comentários:

  1. Partilho do seu luto. Quem de nós, bailarinas, nunca ficou com raiva por não conseguir fazer o "moon walk" como Michael, que nem fazer aula direito fazia?

    Ele foi meu primeiro vislumbre do "camelo" e com quem efetivamente aprendi a dinâmica desse movimento, que depois foi devidamente lapidado pela minha professora.

    Escândalos? Isso, para mim, não importou quando aconteceram e importam menos ainda agora. Ele era um artista fantástico e acho que nunca aparecerá ninguém como ele, que fará parte da minha inspiração para sempre. Que ele tenha agora a paz que não teve em vida.

    ResponderExcluir
  2. É, o mundo realmente perde um grande nome, e põe GRANDE nisso.
    Como até comentei no blog, ele é o tipo de cara que pra mim "não morria", mas... Fazer o que.

    E sobre sua frase "Assim como a dança está acima da imagem, sempre". Apesar do momento triste, posso respirar fundo de alívio em saber que tem gente que pensa assim ainda!

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do post, e também fiquei muito triste pela morte de Michael Jackson.
    O que mais me dói é saber que uma pessoa como ele, que fez tantas pessoas felizes através de sua música, parece não ter conseguido entender a si mesmo, simplesmente.
    Será que ele tinha tudo mesmo? Parecia que não, né?
    Mas sempre terei uma lembrança gostosa do garoto de sorriso cativante e dança diferente, rs.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Como disse uma amiga minha enlutada, Michael foi bater um papo com Elvis...

    A genealidade não morre. É eterna. E ele escreveu seu nome na história da música.

    beijos^^

    ResponderExcluir
  5. É o tipo do artista único e completo, vai deixar saudades!

    ResponderExcluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...