10 novembro 2008

23

A Dança na Bíblia


Olá meninas.

Eu vivi praticamente a vida inteira dentro de uma igreja evangélica. Todas as minhas lembranças da adolescência, vários momentos bons da vida adulta, meu aperfeiçoamento na língua inglesa em uma missão para atletas, meu relacionamento íntimo com a música, estudo de canto lírico e popular, tudo dentro de uma igreja evangélica.

E por isso, quando eu resolvi iniciar meu aprendizado em Dança do Ventre, vivi um conflito muito intenso.

Pela sensualidade que a dança carrega, fiquei com receio de ser discriminada pelos "irmãos". E, 10 entre 10 "irmãos" faziam o mesmo comentário quando sabiam que eu estava fazendo aulas de dança do ventre: "Você não vai se apresentar em público, vai?"

Ainda tive outra experiência péssima quando minha tia dizia convicta e inflamada que a dança do ventre foi a dança praticada por Salomé, que encantou Herodes que, como recompensa, disse a ela que ela poderia pedir qualquer coisa, e ela então pediu que João Batista fosse morto.

Vamos às questões práticas:

- Uma mulher cristã não deve se sentir menor por praticar a Dança do Ventre. A dança é uma arte, e já foi utilizada como forma de adoração a Deus:
"Sucedeu, porém, que, vindo eles, quando Davi voltava de ferir os filisteus, as mulheres de todas as cidades de Israel saíram ao encontro do rei Saul, cantando e dançando, com adufes, com alegria, e com instrumentos de música." (1 Samuel 18:6)

- Quando alguém a recriminar por estudar a dança do ventre e confrontá-la com a religião, você deve lembrar ao "engraçadinho" que a maldade está em quem vê, ou seja, nele, e não em você.
"E, se o teu olho te escandalizar, lança-o fora; melhor é para ti entrares no reino de Deus com um só olho do que, tendo dois olhos, seres lançado no fogo do inferno." (Marcos 9:4-7)

- Quando alguém a acusar dizendo que você está usando seu corpo para escandalizar, não deixe de ressaltar que Deus aconselha na Escritura que ninguém julgue a ninguém.
"Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão." (Lucas 6:37)

E, gente, PELOAMORDEDEUS!!! Quem foi que disse que Salomé dançou a dança do ventre para Herodes? Será que tinha uma câmera lá e ninguém me contou? Putaquelavida!!!

"Naquele tempo ouviu Herodes, o tetrarca, a fama de Jesus,
E disse aos seus criados: Este é João o Batista; ressuscitou dos mortos, e por isso estas maravilhas operam nele.
Porque Herodes tinha prendido João, e tinha-o maniatado e encerrado no cárcere, por causa de Herodias, mulher de seu irmão Filipe;
Porque João lhe dissera: Não te é lícito possuí-la.
E, querendo matá-lo, temia o povo; porque o tinham como profeta.
Festejando-se, porém, o dia natalício de Herodes, dançou a filha de Herodias diante dele, e agradou a Herodes. Por isso prometeu, com juramento, dar-lhe tudo o que pedisse;
E ela, instruída previamente por sua mãe, disse: Dá-me aqui, num prato, a cabeça de João o Batista.
E o rei afligiu-se, mas, por causa do juramento, e dos que estavam à mesa com ele, ordenou que se lhe desse.
E mandou degolar João no cárcere.
E a sua cabeça foi trazida num prato, e dada à jovem, e ela a levou a sua mãe." (Mateus 14:1-11)

Como todas podem ver, a intenção de Herodes era de matar João Batista muito antes da filha de Herodias ter dançado pra ele, por questões políticas. Herodes usou Salomé para um interesse próprio, e quem pagou o pato foi a Dança do Ventre!!!!

Bom, como já é notório, eu danço com orgulho, carrego a bandeira, me apresento, e vou continuar a saga até eu ensinar meus filhos o amor pela dança e pela cultura árabe!

Grande beijo.

23 comentários:

  1. Interessante. Muito interessante. Gostei muito do post!
    Dificilmente encontram-se escritos e artigos sobre a relação entre a religião e a Dança do Ventre. Normalmente, ambas não se cabem.

    Valeu!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Giovana... acredito que a dança não cabe com o evangelho porque houve uma demonização grande em torno das artes chamadas "corporais", porque existe uma trave enorme nos olhos de quem legisla a favor da igreja. Eles são quem devem arrancar o olho porque vêem sensualidade demais. Se a gente pensar na dança, pra quema gente se apresenta? Essencialmente mulheres. Quando há rapazes, são para acompanhar as esposas e igualmente apreciar a arte. Então que mal há nisso. Acredito que assim como aconteceu comigo, muitas devem ter sofrido preconceito e outras tantas por não ter força e personalidade para continuar abandonaram a dança. Existem muitas formas de conversar com Deus... Movimentar o corpo TAMBÉM é uma delas. Beijão.

    ResponderExcluir
  3. A religião sempre foi uam formadora de opinião, para bem ou para mal. E sempre tentou explicar tudo da sua maneira.
    A mulher sempre foi rebaixada no panteão religioso e é de sempre... infelizmente idéias religiosas antigas não se mudam da noite pro dia [vou lá eu tentar convencer minha vó que Salomé era uma garota bacana que só estava atendendo um desejo do pai? haha]

    ótimo post, muito interessante!
    adoro.
    bjkas!

    ResponderExcluir
  4. Ahahahhah... Ket! Boa sorte viu nega. Mas vou te dar uma dica: já chega com o texto bíblico na ponta da língua viu! Ahahha... depois cê me conta! Beijão.

    ResponderExcluir
  5. Menina!
    Olha, dei uma lida na net pra ver essa de religiao e danca e o que mais achei foi a relacao da dnca com a estimulacao dos chacras. Nao gostei, nao gostei... :(

    ResponderExcluir
  6. Amada, eu fiz o percurso contrário ao seu: fui bailarina e professora de dança do ventre por seis anos até que conheci Jesus. Poucos meses depois eu fiz uma limpeza espiritual de tudo que poderia ser "pedra de tropeço" na minha vida e uma delas foi a dança do ventre. Isso não foi orientado por ninguém mais do que o próprio Espírito Santo. É muito mais fácil nos enchermos de argumentos, inclusive baseados em versículos bíblicos, para justificar nosso pecado. (o diabo tb conhece bem as escrituras) Difícil é nos abdicarmos das nossas paixões e seguirmos Jesus. A dança do ventre foi criada como culto a Isis, hoje muitas bailarinas usam acessórios que levam o nome de Ísis, outra entidade espiritual, ou seja idolatria. Quando dançamos esta dança agradamos mesmo ao Senhor? eu via os olhares desejantes dos homens casados, listaria no mínimo adultério, prostituição e luxúria. Se o meu corpo hoje é o templo do Espírito Santo, não vou entristecê-lo usando meu corpo para estes pecados. Desfiz-me de tudo. Roupas caríssimas, derbak, daffs, dvds, cds, tudo! Para não cair nas tentações de aceitar os convites ( que por sinal triplicaram depois que me converti, por que, né?). Amada, quis deixar aqui meu testemunho e não acho que estarás aberta a recebê-lo. Mas ore, peça a Deus revelação sobre essa dança e entregue-se novamente no altar dele. Repreendo a Pomba-gira em todas as bailarinas de dança do ventre, em nome de Jesus. Deus quer que dancemos sim, para em santidade e pureza de espírito, como ministras de dança, ministrando adoração e não pecado. Com graciosidade e não sensualidade. A paz do Senhor esteja contigo!

    ResponderExcluir
  7. Eu não sei o que pensar...sinceramente não é fácil abdicar de algo que vc gosta tanto...de algo que faz 10 anos que vc dança...isso tem que deixado maluca...pq as coisas não podem ser mais simples com Deus? pq? pq? pq???? que caminho estreito é esse!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O caminho estreito é o caminho que vai te levar a Salvação eterna!!! Deixar de fazer aquilo que a gente não gosta é muito fácil. Agora abra mão das suas paixões, abra mão dos seus sonhos, abra mão de tudo na sua vida por Jesus, e você verá do que Ele é capaz de fazer na sua vida!!!!! Faça prova com Deus!!!

      Excluir
  8. Sabe d uma coisa?? cada um tem um caminho a seguir! se o caminho d um foi abdicar a dança nao quer dizer q todo mundo tem q fazer isso... a gente tem q fazer aquilo q nos faz feliz! eh isso q Deus quer, nos ver felizes! E se a dança te faz feliz, esqueça os julgamentos que as pessoas fazem e siga o seu coraçao, que eh onde Deus mais esta mais presente..e se a dança te faz ter contato com isso...va em frente! a vida eh sua,a felicidade eh sua! Se Deus nao te julga, te da a liberdade d escolha, quem eh um ser humano pra dizer o q vc nao pode fazer ou q eh pecado?! Ser feliz eh pecado? temos diferentes gostos e escolhas, vc nao esta fazendo mal a ninguem so sendo feliz! Cada um tem a experiencia q tem q ter, entao escolha as que vc quer viver e seja feliz!!
    bjos,

    ResponderExcluir
  9. AA dança na igreja nao eh dança comum, eh dança profetica....e pra ser profeta tem ki ter santidade.......dança do ventre num tras sntidade....trz deseja,sexualidde,vontade pelo sexo,deido as formas como a mulher dança,foi criad para dorar Isis....deusa da luxuria e da fertilidade,uma idolatria...um espirito imundo....mais conhecido com pomba gira......dança do ventre eh pecado.....me libertei dela....e so danço dança profetica....

    ResponderExcluir
  10. CARAMBA!POMBA GIRIA NÃO TEM NADA A VER COM A DEUSA ISIS RSRS

    ResponderExcluir
  11. minha filha tem 7 anos e ela fazia dança do ventre e jeans fui falar com o pasto da minha igreja e ele disse que n seria bom ela fazer a dança fiquei entre a cruz e a espada n sabia o que fazer fiquei muito confuza decidi tira la mas vendo o seu comentario tivi outra visao me manda uma resposta que devo fazer beijos sara

    ResponderExcluir
  12. nunca tive coragem de fazer,mas sinto a vontade.e tambem sempre fico adiando!fazer depois de idosa acho que nao vou aguentar rsrsrhahah,achoq ue ainda da tempo de decobrir e de realizar isso em mim!nao significa que vou me expor!!!o meu objetivo pessoal é fazer exercicio .conhecer esa dança LINDAAAA BAFONICA!!e saber como meu corpo pode se movimantar mais é uma coisa minha!!!nao tem a ver com minha profissao de fe!!somente um desejo !!!acho que em breve vou dar uma tentada!!!

    ResponderExcluir
  13. vc me deu a resposta que eu estava esperando eu danço tbm ,porém são tantas pessoas q se levantam pra te criticar que fica meio difícil continuar sempre amei essa dança desde criança e sempre vou amar pq é algo que me traz tranquilidade o que é difícil nesse mundo de hoje em dia pedi pra Deus tirar isso do meu coração se ñ fosse certo fiquei um tempo parada q dizer anos esperando por isso e cada dia eu sinto mais falta depois da resposta que eu tanto procurava vou continuar sim, Deus te abençoe bjs fui...

    ResponderExcluir
  14. querida a dança do ventre, não é cristâ,ela é uma dança de origem pagã, nos cultos de adoração das falsas deusas egipcias e que depois teve agregada a cultura sexual romana e agora a cultura árabe muçulmana!

    ela é claramente um culto ao corpo feminino e às deusas da fertilidade, luxuria, sexualidade nascimento! Isso não é cristão! Você deveria seguir outros rumos na sua carreira e começar a dançar algo que tenha ligação com o espírito santo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cultura árabe e islam são duas coisas diferentes, favor não misturar. Nem todo árabe é muçulmano, apesar de hj em dia eles serem maioria, mas se vc for a um país como o Líbano vai ver isso claramente, grande parte da população de lá é católica. A maioria dos árabes q residem aqui no Brasil inclusive são cristãos, pq os seus antepassados vieram fugindo do império otomano.
      E é de uma ignorância tremenda falar q a dança do ventre é "parte da cultura árabe muçulmana", pq para o muçulmano é haram (pecado) a mulher dançar a dança do ventre descoberta e em público.

      Excluir
  15. Tudo que transfoma o corpo da mulher em um templo de lascívia é condenado aos olhos de Deus! a dança é uma delas! hoje em dia ainda mais! Veja a lista enorme de danças cujos passos são só para enfatizar o sexo e a sensualidade: samba, axé, funk, salsa, tango, merengue, lambada, dança do ventre, até mesmo balé, disfarçado de arte, é lascivo, com os bailarinos usando meias coladas e as bailarinas abrindo as pernas, erguendo tudo lá no alto, literalmente "se arregaçando", é lascivo!

    Pare e pense: Qual a origem da dança do vente? Culto pagão do antigo Egito, quando as sacerdotisas se reuniam para adorar o demônio feminino chamado Ísis! Nesses cultos elas dançavam nuas, em movimentos sinuosos que lembravam a serpente (animal ligado ao sexo e ao pecado original), e também os movimentos pelvicos do parto, de forma á que desde antes da concepção, os filhos dessas mulheres fiossem consagrados á esse demonio!

    Com o passar do tempo a cultura egipcia foi agregada á cultura romana, uma cultura extremamente sexual e mundana! Nesse momento a dança do ventre deixou de ser uma dança restrita às cerimonias de adoração, e passou á ser uma dança de sedução, nas orgias e nos festivais dos deuses / demonios romanos.

    Hoje em dia ela foi agregada á cultura muçulmana, com influencia dos ciganos (gawazes), e dos indus! Permanecem nessa dança a enfase aos movimentos sinuosos da serpente sedutora, os movimentos pelvicos das antigas deusas/demonios da fertilidade!

    Agora me diga: uma dança com um histórico desses, pode ser considerada sagrada? Uma dança que expõe o corpo da mulher em movimentos que chegam á ser obscenos de tão sexualizados, deve ser considerada arte? Uma dança cujos trajes transforma a mulher em uma sacerdotiza erotica de Ísis, numa Jezebel profana, deve ser chamada de feminina?

    Sem contar que ao dançar, você se mistura á uma cultura perogosa, por não ser uma cultura cristã, você é obrigda a estudar a lingua de um povo não cristão, se misturar com esa gente, conhecer a cultura dela e viver essa cultura! Acha que isso é saudável, e que não influencia a cabeça e as atitudes de uma verdadeira cristã?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me desculpe, mas acredito que as coisas de Deus são bem mais altas... Deus se alegra com a dança ... somos cercados de coisas cultuadas e consagradas a demonios...marcas de roupas, industria alimenticia, automobilistica..enfim ..estamos literalmente cercados...não é por isso que estamos de acordo ...o que muda é a nossa visão e consagração de tudo para Deus...quebre as correntes e consagre a Jesus... é uma armadilha muito astuta do diabo transformar as coisas de Deus ..sendo dele... aaaa e existem muitos árabes cristãos..."misturar com essa gente" meu Deus ...cade o amor??

      Excluir
    2. Eu sinceramente acho q é mto mais pecado a forma como vc se refere aos povos árabes do q uma expressão de arte como a dança do ventre. Povo não cristão? Vá estudar um pouco de história! As primeiras igrejas surgiram naquela região (Síria/Líbano) e hoje o povo lá só não é de maioria cristã por causa da expansão do islam e pq os cristãos tiveram q fugir na época do império otomano! Jesus nasceu no meio "dessa gente", inclusive dizem q os libaneses respeitam mto Maria pq os nossos ancestrais fenícios conviveram com ela. O árabe é uma língua como qualquer outra, o q tem de mal em ouvi-la ou aprende-la?
      Esse tipo de comentário ignorante só me entristece... não gostar da dança do ventre, achar q é pecado, td bem, é uma opção de cada um, agora falar dessa forma todo um povo sem nem conhece-lo é horrível. Tenho orgulho de ser descendente "dessa gente", de poder estar sempre misturada no meio deles, de conhecer a terra de alguns dos meus ancestrais (Líbano) e de falar o árabe! Q Deus ilumine verdadeiramente seu coração para não ser mais tão preconceituoso(a).
      E como comentei no post de cima, favor não misturar cultura árabe com islam! Sou descendente de árabes e sou católica como a grande maioria dos q eu conheço e q residem aqui no Brasil. E não tenho nada contra os muçulmanos, pois sempre me trataram mto bem. A fé deles não é a mesma da minha, mas o nosso Deus é o mesmo e acredito q isso deve nos unir, não nos separar.

      Excluir
  16. Justificativas usadas para incentivar a dança do ventre:

    1. Para “acordar” informações que estão adormecidas em nossos subconscientes (vidas passadas). Veja o que diz Hb 9:27 E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo.

    2. Homenagear algumas “deusas” como: Ísis, Neit, Selkis.Leia Ex 20:3 Não terás outros deuses diante de mim.

    3. Terapia para o corpo, mente e alma. delineia o corpo; produz o auto-conhecimento; descongestiona os CHACRAS e plexos; purificação da mente.Estimula o prazer sexual. Leia Is 53:5

    4. Estimular a fertilidade oferecendo seu útero à GRADE MÃE (Hathor, a mãe vaca, e Ísis, a deusa da fertilidade e do sexo.) Leia At 19:34-35 e Jr 7:18

    5. A dança é o FUNDAMENTO DA ESPIRITUALIDADE, é o elo de ligação entre o corpo e a alma, meio de expressar gratidão pela vida, meio de fazer conexão com o sagrado. Leia Jo 14:6 (Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.)

    Tipos de dança:
    1.DANÇA DA ESPADA: em homenagem a deusa Neit, a guerreira. 2. DANÇA DO PUNHAL: a deusa Selkis, a rainha do escorpiões. Representa a morte, a transformação e o sexo.

    3.DANÇA DO CANDELABRO: Para celebrar casamentos e nascimentos de crianças. (consagração aos deuses representados pelas luzes das velas.) 4. DANÇA DAS TAÇAS: Para exteriorizar a deusa interior adormecida.

    5.DANÇA DA SERPENTE: Para representar a sabedoria. (talvez lembrar a “sabedoria de lúcifer ao enganar Adão e Eva, Gn 3:1-5). Para despertar a sensualidade. 6. DANÇA DOS VEÚS: Representa o despertar da consciência da mulher através dos 7 CHACRAS.

    7. DANÇA COM SNUJS: Utilizam-se pequenos címbalos de metais para “energizar” positivamente o ambiente. 8. DANÇA COM O PANDEIRO: Para reverenciar os deuses da fortuna em momentos de festas, alegria, comemoração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Convivo com a dança do ventre desde criança, comecei a praticar com 11 anos passando por várias professoras ao longo do processo e NUNCA nos meus 24 anos de existência eu ouvi essas "justificativas usadas para incentivar a dança" e nem essas explicações absurdas sobre o significado de cada tipo de dança. Minto, só as vi num site evangélico, de onde provavelmente vc deve ter tirado essas informações, pois era exatamente o mesmo texto. Aconselho pesquisar mais e, de preferência, com gente q realmente entenda de dança.

      Excluir
  17. Acho ridiculo alguns comentários aqui, não vejo mal nenhum na dança, se a pessoa quiser aprender e surpreender o marido, qual é o problema, aposto que muitos dos que estão contra gostavam que as vossas esposas dançassem para vocês. A dança originou-se numa época em que o matriarquismo funcionava, e visava sobretudo ajudar as mulheres com os movimentos pelvicos na hora do parto... e nunca para os filhos serem consagrados ao demonio lol Eu acho a dança linda, tal como todas as danças. È uma estupidez deixar de dançar por haver pessoas com mentes perturbadas que não podem ver mulheres a dançar. Se formos seguir os conselhos da igreja, a dança nem existiria... Eu sou cristã e quando danço, apenas danço para mim, não estou a adorar deuses, nem a seduzir ninguém. Não vou deixar de fazer coisas que gosto só porque a igreja condena e porque os homens se sentem incomodados..., eu sei perfeitamente que não estou a fazer nada de errado, faria sim se eu quisesse usar a dança para outros fins. E se forem a ver e fizerem uma pesquisa, há muitas coisas cristãs que teem origem na cultura pagã, como exemplo o dia do nascimento de jesus e a árvore de natal. Muitas igrejas foram construídas em cima de templos pagãos... uma serie de coisas interessantes que deviam saber antes de apontarem o dedo e falarem do que não sabem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém!!! A linha é tênue.. nem todos conseguem perceber quando uma mulher quer seduzir, ou quando ela simplesmente é feliz e expõe seus movimentos por meio do corpo ou da dança... TUDO nesta vida depende de como olhamos e de como DEUS nos olha. Sabemos quando estamos fazendo algo que denigri nossa existência... A vida espiritual com DEUS é uma conquista, e nela sempre haverá dúvidas, medos, ignorância, manipulação entre muitas outras coisas.. Mas se realmente acreditamos que ELE é SUPREMO, tudo ao seu tempo será esclarecido, resolvido e apurado. Fé, foco e perseverança!

      Excluir

Mentes que pensam e fazem os outros pensar!!! Muito obrigada pelos seus comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...